THE NATURE AND TRADITIONS OF MAURITIUS AT THE SOUTH OF THE ISLAND (FULL DAY) –Ends at the airport

  • Porto

    Port Louis

  • Nível de dificuldade

    Fácil,Fácil,Fácil,Fácil

  • Tipo:

    City Tour, Naturalista,Naturalista,Naturalista,Naturalista, Meal included

  • Preço

    Adultos

    EUR95.0

  • Horas de duração

    6.5

  • Código da excursão

    5620

Descrição

Esta excursão far-nos-á apreciar algumas das paisagens mais sugestivas que a ilha Maurício tem a oferecer a quem a visita. A ilha é rica de vestígios da actividade vulcânica passada, dois dos quais serão a meta da nossa excursão: o lago vulcânico de Grand Bassin e a cratera de Trou aux Cerfs. A partir deste último, iniciaremos o nosso percurso à descoberta da área Sul da ilha: trata-se da cratera de um vulcão extinto, de onde é possível admirar panoramas espectaculares da ilha e, em especial, da Rempart Mountain. Imperdível é a paragem no showroom de uma oficina de modelismo naval, famosa pela construção de modelos de embarcações históricas com base em projectos originais; será a ocasião para vasculhar entre os objectos expostos e mesmo comprar uma lembrança original. Durante a excursão, será servido um almoço à base de especialidades da cozinha crioula.

A pausa seguinte levar-nos-á a entrar em contacto com uma das populações que compõem o característico caldeirão de povos de Maurício: trata-se do Lago Sagrado de Grand Bassin, um lago assente na cratera de um vulcão, que representa uma das metas mais antigas da peregrinação da população Hindu. De facto, segundo a tradição, o lago teria surgido das gotas de água do rio Ganges caídas da cabeça do deus Shiva, fascinado pela beleza da ilha. Mais uma pausa fotográfica no ponto panorâmico de Black River, de onde poderemos admirar a Black river Gorge, a garganta mais profunda de Maurício. A última, inesquecível, etapa da nossa excursão consistirá nas cascatas de Chamarel e nas suas terras das sete cores, um verdadeiro espectáculo natural: as cinzas vulcânicas multicoloridas (encarnado, castanho, roxo, verde, azul, lilás e amarelo) dispõem-se naturalmente num desenho ordenado com as sete tonalidades que nem mesmo a chuva torrencial e condições climáticas adversas conseguem cancelar.


O que saber

Observação: Para visitar o templo é necessário retirar os sapatos. A ordem das excursões, a pé e de ônibus, poderá ser trocada. Os lugares são limitados, portanto, faça logo a sua reserva. Esta excursão está disponível só para os passageiros com vôos que partem depois das 20h00 do Aeroporto de Mauritius. Aos domingos não é possivel ver os artesaõs trabalhando no laboratorio de maquete de navios.