PETRÓPOLIS, A CIDADE IMPERIAL DO BRASIL

  • Porto

    Rio de Janeiro

  • Nível de dificuldade

    Moderado

  • Tipo:

    Cultural, Meal included

  • Preço

    Adultos

    USD100.0

  • Horas de duração

    7

  • Código da excursão

    5079

Descrição

Petrópolis, a cidade imperial brasileira, não atrai os visitantes apenas pelo seu clima e os agradáveis espaços que a rodeiam, mas também por causa dos seus lugares de interesse histórico e cultural que descobriremos graças a esta excursão. Antes de mais, o Palácio de Verão do segundo imperador brasileiro, que atualmente acolhe um museu dedicado à história e aos achados da época imperial.



O que nós vemos
  • Quitandinha
  • Catedral São Pedro de Alcântara
  • Museu Imperial
  • Museu Santos Dumont


O que nós fazemos
  • Deixaremos o cais e partiremos na direção de Petrópolis, a cidade imperial do Brasil situada a aproximadamente 65 km do Rio de Janeiro. Aninhada entre as colinas de bosque da Serra dos Órgãos, no vale dos rios Quitandinha e Piabanha, Petrópolis é atualmente uma reconhecida localidade turística de verão.
  • Faremos uma paragem na Quitandinha, um importante edifício que alberga atualmente um centro de congressos, tendo sido em tempos sede do maior casino da América Latina, com atividade apenas durante dois anos porque no Brasil o jogo do azar foi proibido em 1946.
  • Em seguida, faremos uma visita à Catedral São Pedro de Alcântara, um lugar de culto de estilo neogótico francês que remonta a 1939. O edifício, com 70 metros de altura, alberga a Capela Imperial, onde se conservam os restos mortais de Dom Pedro II, da sua esposa Dona Teresa Cristina, da filha, a princesa Isabel, e do Conde D'Eu, esposo desta última.
  • Por esta altura chegaremos à principal atração de Petrópolis, o Museu Imperial. Em tempos residência estival da família real, atualmente neste museu estão expostos objetos pessoais preciosos do imperador Dom Pedro II e da sua família, entre os quais pinturas, tapeçarias e a célebre coroa imperial de ouro, decorada com 639 diamantes e com 1,72 kg, realizada para a coroação do imperador em 1841. Visitaremos ainda a sala das carruagens e a locomotiva imperial.
  • Saindo do museu, pararemos para almoçar. Depois, aguarda-nos a visita a um outro interessante museu, o Museu Santos Dumont. O cientista e inventor Santos Dumont, o pai da aviação, projetou pessoalmente este edifício, conhecido também como A Encantada. Construído em 1918, depois de ter sido a residência do cientista é transformado em museu em 1946. Dentre as obras mais prestigiadas destacamos os móveis e objetos decorativos.

O que saber
  • Este tour não se realiza nas segundas-feiras.
  • Os lugares disponíveis são limitados, recomenda-se assim reservar atempadamente.
  • Durante a visita dentro do Museu Imperial é obrigatório usar patins.