SIRACUSA E A ILHA DE ORTIGIA

  • Porto

    Catânia

  • Nível de dificuldade

    Moderado

  • Tipo:

    Cultural

  • Preço

    Adultos

    EUR60.0

  • Horas de duração

    5.5

  • Código da excursão

    1059

Descrição

Uma viagem através de três mil anos de história em uma das cidades mais bonitas da Sicília e uma das poucas no mundo a ter dois monumentos Patrimônio da UNESCO: suas ruínas gregas e suas obras-primas barrocas.



O que nós vemos
  • Parque Arqueológico de Neapolis Teatro grego, Latomia do Paraíso e Orelha de Dionísio Ilha de Ortigia * Nascente de Aretusa e Catedral de Siracusa


O que nós fazemos
  • Deixado o porto, vamos em direção ao Parque Arqueológico de Neapolis, situado na parte nordeste da cidade moderna, onde vamos poder admirar restos da Siracusa grega. Fundada no século VIII a.C. pelos habitantes de Corinto, a cidade foi uma das mais ricas e poderosas do Mediterrâneo, como demonstram inequivocamente os restos monumentais deste excepcional sítio arqueológico pelo seu valor histórico e artístico. Vamos visitar o imponente teatro grego, erguido no período de máximo esplendor da antiga polis. Parcialmente escavado na rocha, com um auditório de grandes dimensões é, certamente, um dos teatros mais famosos do mundo antigo. A nossa próxima etapa vai ser a antiga pedreira denominada Latomia do Paraíso, a mais oriental entre aquelas que delimitavam o antigo sistema urbano. Vários terremotos fizeram ruir o teto das grandes cavernas escavadas para se extrair a pedra e hoje esta latomia apresenta-se a céu aberto, com o fundo coberto por um florido jardim, em uma plantação de cítricos que oferece ângulos inspiradores. Do lado norte da latomia, abre-se uma ampla fenda feita pelos antigos escavadores, que o artista Caravaggio batizou de Orelha de Dionísio pela sua forma parecida com a de um pavilhão auricular. Vamos entrar na gruta para apreciar o excepcional efeito acústico que a tornou famosa em todo o mundo, destino de viajantes desde o século XVIII fascinados pelos encantos desse lugar fora do comum. Em seguida, vamos visitar a Ilha de Ortigia, a parte mais antiga da cidade de Siracusa que mantém os restos das antigas construções gregas e onde a fronteira entre mito e realidade torna-se muito sutil. Também vamos admirar a Nascente de Aretusa, o lugar que, segundo o mito, serviu de cenário para o trágico amor entre uma ninfa e um caçador. Vamos passear pelas ruas estreitas em direção à Piazza Duomo. Aqui vamos ter novamente a sensação de que a História Antiga se tornou palpável enquanto erguemos o nosso olhar em direção a uma obra-prima do barroco: a Catedral de Siracusa, construída sobre as ruínas do Templo de Atenas e cujas colunas dóricas são visíveis até hoje.

O que saber
  • A duração da viagem para Siracusa é de cerca de 1 hora.