THE TWO PEARLS OF THE SEYCHELLES: THE ISLANDS OF PRASLIN AND LA DIGUE

  • Porto

    Victoria

  • Nível de dificuldade

    Moderado

  • Tipo:

    Naturalista, Mar e Mergulho, Meal included

  • Preço

    Adultos

    EUR230.0

  • Horas de duração

    10.0

  • Código da excursão

    014K

Descrição

De Victoria, capital da ilha de Mahé e porta de entrada para as Seychelles, partiremos a bordo de uma embarcação em direcção nordeste até aproar em Praslin, a segunda maior ilha do arquipélago, situada a cerca de 40 km de distância. Depois de chegar ao cais da Baie Ste Anne, iniciaremos um sugestivo percurso no coração da ilha em companhia da nossa guia; não poderemos não ficar fascinados pela Vallèe de Mai, antigamente considerada sede do Paraíso Terrestre e, hoje, merecidamente declarada Património mundial pela UNESCO. A sua floresta oferece refúgio a numerosas espécies raras e surpreendentes de flora e fauna, dentre as quais o Coco-do-mar, a semente maior do mundo, que se tornou um dos símbolos das Seychelles, e que é um alimento muito apreciado pelo Papagaio Negro, um pássaro raríssimo, que escolheu este lugar como seu habitat. Após um breve trajeto de barco chegarão à segunda etapa da excursão, a ilha de La Digue, que irá fasciná-los com a sua atmosfera tranqüila e quase fora do tempo. Em La Digue não são admitidos automóveis ou ônibus particulares, mas somente os coloridíssimos e típicos meios de transporte locais, que irão utilizar para se locomover pela ilha. Prosseguirão para Union Estate, uma antiga propriedade onde poderão admirar uma velha residência colonial (visita da parte externa), assistir às técnicas de extração da copra das nozes de coco e observar os simpáticos exemplares de tartarugas gigantes das Seychelles. Em seguida, irão para a praia de Anse Source d'Argent que, com os seus imponentes e cenográficos blocos de granito, é considerada por muitas pessoas a praia mais bonita das Seychelles (cenário de muitíssimos spots e serviços fotográficos) e uma das mais belas do mundo. Após o almoço tipicamente crioulo, terão tempo livre para passear pela praia de Grande Anse. Retornarão de barco para Praslin e depois prosseguirão para Mahé.


O que saber

Observação: É aconselhado usar calçados cômodos para passear. Em caso de condições climáticas desfavoráveis, a excursão pode ser anulada. Não esqueçam de trazer o traje de banho, uma toalha e protetor solar! A disponibilidade de guias que falam português é limitada. Caso não haja guias que falam português, as excursões serão feitas com o pessoal do navio. Os lugares são limitados, portanto, faça logo a sua reserva.A ordem das excursões poderá ser trocada.