Hoje a cidade tornou-se um dos destinos turísticos mais exclusivosda América do Sul, que tem umacosta fantástica com praias tranquilase relaxantes, equipadas para atender a todas as necessidades de turistas, e um centro colonial adequado que, sem dúvida, vale a pena uma visita. Punta del Este é dividida em duas partes:Playa MansaePlaya Brava, essa última famosa por uma escultura original em forma de mão que sai da areia. Situada ao longo do Rio de la Plata, a Mansa oferece águas bastante calmas e está protegida das correntes oceânicas que, pelo contrário, criam grandes ondas nas margens da Brava. A primeira é ideal pararelaxar ao sol. Já a segunda éum paraíso para o surf, amada por jovens de todo o continente americano.Com as excursões da Costa,você vai descobrir uma joia, conhecida por ser um destino de férias para VIPs e empresários ricos. Um lugar mágico que combina a vida urbana, que é reconhecida por sua arquitetura hollywoodiana, pela natureza, caracterizada pela área costeira e as imensas extensões de pinheiros dosbairros residenciais, em uma mistura única no mundo.Descubra quais são as 10 paradas imperdíveis.
  • Beverly Hills
  • Museu Ralli
  • Porto Nuestra Señora de la Candelaria
  • Avenida Gorlero
  • Casapueblo em Punta Ballena
  • Hotel Conrad
  • La Mano em Playa Brava
  • La Barra
  • Isla Gorriti e Isla de Lobos
  • Farol de Punta del Este

Beverly Hills

Um dos bairros mais bonitos e pitorescos de Punta del Este pelas suas casas opulentas e moradias com piscinas, quadras de golfe ou tênis, imensos jardins e parques que podem chegar a até 5 mil metros quadradosOrdem, estética e brilho na construção dos palácios parecem caracterizar esse canto habitado por magnatas, empresários e figuras do jet set. Frequentemente as casas de campo têm dois nomes, como eram as residências nobres.

O importante é ser exclusivo, poder se destacar, na decoração, na escolha de detalhes ou na justaposição de cores. As ruas aqui são todas chamadas pelo nome de uma árvore ou um arbusto. Por outro lado, o verde predomina em cada canto. O bairro começou a ser construído na década de 1970: o pioneiro foi um dentista que decidiu construir um castelo. Multiplicam-se lendas sobre o bairro, como a que diz que não há cas menores que 300 metros quadrados. O ápice do boom imobiliário foi nos anos 90, quando foi tomado por festas, pessoas famosas e ocasionalmente alguns escândalos. Hoje há poucos terrenos não vendidos. Aqui há um pouco de tudo: luxo, estrelas internacionais, mas também uma sucessão contínua de clubes e restaurantes da moda, clubes e lugares para relaxar. 

 

Museu Ralli

O Museu Ralli está localizado na área de Beverly Hills: tem uma área de mais de 6.000 metros quadrados e abriga uma das mais importantes coleções de obras latino-americanas do mundo. Recentemente, a crítica tem sigo muito generosa com a obra do artista brasileiro Juarez Machado e pelas mágicas cenas circenses do premiado argentino Rodolfo Medina. Entre os artistas há também renomados artistas europeus como Salvador DaliAmedeo Modigliani e René Magritte, entre outros. Não faltam maravilhas como a exposição do artista Inglês John Robinson, que se caracteriza pela criação de esculturas de bronze de crianças brincando, em tamanho real. O museu alterna grandes salas de exposições com belos pátios interiores, onde ficam as esculturas de bronze e mármore, criando um ambiente mágico.

Uma boa descoberta também pode ser o Museu do Oceano. Esse edifício interessante é ideal para toda a família. Aqui você pode ver ossadas antigas de diferentes animais e aves marinhas e aprender tudo sobre a biologia e geografia dessas costas atlânticas. Ele também tem uma grande coleção de objetos antigos relacionados à náutica e navegação e ensina parte da história do Uruguai e de Punta del Este. É perfeito para adicionar um pouco de educação às suas férias, uma alternativa divertida e instrutiva para um dia nublado ou chuvoso.

Porto Nuestra Señora de la Candelaria

O porto de Punta del Este tem vistas espetaculares e é cercado por bares e restaurantes: é o ponto de partida para a Ilha de Lobos e Gorriti. Ele deve seu nome ao fato de que foi descoberto em 2 de fevereiro (1516), dia da Virgem da CandeláriaBandas e dançarinos de tango recebem calorosamente turistas de navios de cruzeiro, que atracam perto do porto. A partir daqui, eles são levados por pequenos barcos até o cais principal.

O porto em si é um lugar encantador para descobrir, seja de manhã, quando você pode escolher os peixes e frutos do mar mais frescos para cozinhar para o almoço, ou à tarde para assistir ao pôr do sol, através dos veleiros extravagantes e catamarãs. Há uma bela surpresa ao seu alcance: você pode encontrar alguns leões marinhos que residem aqui, que são selvagens, mas percorrem o porto para lanchar o peixe que sobra dos turistas. Nas proximidades está o prestigioso Iate Clube de Punta del Este, que organiza e supervisiona regatas e competições náuticas e oferece serviços de transporte de barco 24 horas para seus membros. Seu restaurante é um dos mais procurados da península.

Avenida Gorlero

A estrada principal em Punta del Este é a Avenida Gorlero e é também o ponto de referência, de dia e à noite, para quem passa férias nesse balneário. Leva o nome do primeiro prefeito de Maldonado, Juan Gorlero, e é a única rua na região que recebeu o nome de uma pessoa. Todas as outras são identificadas por um número, enquanto as avenidas são conhecidas por ordem a partir de 5000 em diante. Aqui você vai encontrar a maior parte dos principais serviços turísticos de Punta del Este, com uma ampla escolha de cafés, restaurantes, bares, galerias de arte, cinemas e cassinos.

E você pode experimentar o sanduíche tradicional chamado chivito. Foi inventado por acaso em 1944 por Antonio Carbonaro, proprietário do restaurante "El Mejillon" de Punta del Este. Uma noite, uma turista argentina entrou no restaurante e pediu carne de chivo, ou seja, de cabrito. O restaurante não fornecia, mas Carbonaro, para não perder o cliente, improvisou e decidiu preparar-lhe um sanduíche com pão tostado na manteiga, presunto e um pedaço de churrasco. Ele disse ao cliente que o prato era chamado chivito: a mulher gostou do sanduíche. A ideia tornou-se um sucesso e o restaurante vendia milhares por dia.

Durante a temporada turística de verão, a Avenida Gorlero é colorida e particularmente popular pelos inúmeros artistas e apresentações ao vivo. Você vai encontrar "estátuas vivas", malabaristas, fotógrafos e vários artesãos locais parados ao longo da avenida. Para aqueles que querem comprar artesanato local, o melhor lugar é na Praça Artigas.

Casapueblo em Punta Ballena

Uma das obras arquitetônicas mais interessantes nessa região é Casapueblo. No início, foi o ateliê do Artista uruguaio Carlos Vilari, que agora abriga um hotel, um museu e algumas atividades comerciais. Uma "escultura viva", feita de pequenos nichos brancos que se aninham uns nos outros, subindo ao longo de um penhasco com vista para o oceano: uma obra de arte escavada em pedra, em Punta del Este.

Para vê-lo do mar, essa cascata de casas traz à mente ecos mediterrâneos. Embora não fosse arquiteto, Vilari decidiu criar um espaço único, nessa região a leste da costa uruguaia, em homenagem a seu filho Carlitos, um dos 16 sobreviventes do desastre aéreo dos Andes. Os edifícios giravam em torno de uma casa de estanho pequena chamada La Pionera, e ao longo dos anos desenvolveu essa bela casa-atelier, cheia de engenhosidade e audácia arquitetônica. A construção tem uma estrutura irregular que se estende por treze andares. Sua cor, completamente branca, recorda as construções das ilhas gregas. Casapueblo é composta por 72 apartamentos exclusivos com vista para o mar, construídos ao longo de 36 anos por Vilari.

A inspiração para esse estilo inovadorveio de suas inúmeras viagens ao exterior e os ninhos criadospelos pássaros Hornero,nativos da região: essas aves são verdadeiros pedreiros, arquitetos, e constroem seus ninhos com palha e lama até que criarem uma espécie de abertura lateral. Ao longo dos anos, essas construções com grandes varandas brancas, com vista para o mar,tornaram-se um ponto de encontroe reunião de pessoas famosas, ou têm sido usadas para convenções e exposições de arte.

É costume visitar essa obra para apreciar as belas vistas e magníficos pores do sol pelos quais Casapueblo adquiriu sua fama. O pôr do sol que você vê daqui é único e se tornou um ritual: às sextas-feiras, conta-se uma história de Carlos Páez Vilaró, re-elaborada a partir de seu poema dedicado ao sol. A marca deixada pelo artista está mais viva do que nunca, porque ele construiu Casapueblo com suas próprias mãos: o ritualao sol atrai inúmeros visitantes que querem apreciar o evento simbólico tomando uma bebida ou relaxando.

Hotel Conrad

O Hotel Conrad é um ícone de Punta del Este. É um marco arquitetônico, um lugar elegante para conhecer pessoas, um centro cultural onde são organizados shows e eventos e é onde fica uma das casas noturnas mais famosas da cidade. Considerado o resort mais sofisticado da região e melhor cassino ao estilo de Las Vegas na América Latina; Foi inaugurado oficialmente em 14 de novembro de 1997. Ele está localizado na Playa Mansa em Punta del Este, famoso balneário de luxo da América do Sul. Ele tem 294 quartos com vista no mar e 41 suítes de luxo. O edifício tem um estilo contemporâneo que se adapta ao ambiente natural da área. O casino tem uma área de 450 metros quadrados destinada a clientes VIP e 75 mesas de jogos com 582 máquinas caça-níqueis. O seu spa oferece várias opções de relaxamento, exercícios e momentos para se mimar na área do spa, com banheiras de hidromassagem, banhos turcos e saunas.

La Mano, em Playa Brava

É uma instalação de concreto e aço deitada nas areias quentes de Playa Brava. Obra de arte do escultor chileno Mario Irarrazabal, foi criada para um concurso de arte em 1982 e conquistou os corações dos habitantes e turistas; hoje é uma das atrações mais fotografadas e também mais comentada pelos escritores. Durante o verão daquele ano, realizou-se em Punta del Este o primeiro encontro internacional de esculturas ao ar livre e, embora os nove escultores tenham recebido um lugar para colocar suas obras, Irarrázabal escolheu ests praia para criar seu trabalho.

Durante todo o verão, a beira-mar tornou-se uma espécie de laboratório ao ar livre onde artistas de diferentes países se reuniram e começaram a modelar. O artista chileno chegou com um modelo, mas teve que improvisar o resto, tendo que lutar diante de obstáculos naturais, como vento e areia. Finalmente houve um final feliz e o escultor conseguiu realizar seu projeto no cenário de paisagem paradisíaca. Levou apenas uma semana para concluir o trabalho. Os dedos dessa mão colossal foram feitos com hastes de aço que foram então cobertos com uma malha de metal e com um material resistente ao tempo e à fúria do mar. Essa mão " parece um afogamento, "uma espécie de aviso para banhistas e surfistas que frequentam essas praias, uma vez que as ondas nesta área são geralmente muito altas devido aos ventos fortes. 

La Barra

No passado, era uma vila de pescadores, mas hoje é um ponto de referência caracterizado pela bem conhecida Ponte ondulada localizada na foz do córrego Monaldo, uma obra construída por Leonel Viera em 1965. É uma grande área para a pesca e prática de inúmeras atividades aquáticas. Também representa um trecho de litoral equipado para viabilizar a prática de atividades como Surfcanoagemesqui aquático ou Pesca, enquanto se destacam pela beleza das paisagens e das águas daPlaya Montoyaa Playa Manantiales e a Playa Bikini. Essa última em particular é uma praia ideal para quem gosta de estar entre pessoas e ser visto.

A praia, a partir do meio da tarde até tarde da noite, ganha vida de uma forma totalmente diferente: moda e tendências nascem, vivem, se espalham e morrem nesse canto particular. Você só tem que esperar o melhor: DJs internacionais tocando house music nos bares de praia, partidas de vôlei e yoga e aeróbica. La Barra representa um bairro vivo e cheio de coisas para fazer: galerias de arte para visitar, lojas de surf, sorveterias artesanais que preparam cones e guloseimas muito semelhantes aos da Itália. Sem falar da vida noturna, especialmente no verão. As festas são populares na cidade, especialmente na praia. Na área, você não deve perder El Tesoro, a poucos minutos de carro de Punta del Este.

Isla Gorriti e Isla de Lobos

A ilha Gorriti, patrimônio mundial rico e inestimável, é também o lar de duas praias maravilhosas, Puerto Jardin e Playa Honda, e um porto onde até mesmo os menores barcos podem atracar. Uma ilha mágica pela qual passaram Juan Díaz de Solís, Magallanes ou o corsário inglês Francis Drake. Declarado monumento histórico nacional a ilha era conhecida por nomes diferentes: Isla de Las Palmas, Ilha Maldonado, até quando o capitão Don Francisco Gorriti  foi preso por causa de uma briga com o primeiro governador de Montevidéu, Joaquin de Viana, e foi exilado na ilha. De lá vem o seu nome atual. A história da ilha é cheia de histórias curiosas.

Foi o cemitério de soldados britânicos que participaram das invasões britânicas de 1806. Tornou-se um centro de pesquisa científicaque o naturista Charles Darwin também visitou em 1829. Aqui foi criado um hospital paraas vítimas de cólera da epidemia europeia de 1885. Testemunhou a conquista do Rio de la Plata e o processo de fundação de Maldonado: a ilha de Gorriti é uma terra enigmática que preserva vestígios arqueológicos que fazem dela um verdadeiro museu. Um dos destinos turísticos mais atraentes em Punta del Este. Entre os meses de agosto e novembro, é também um excelente local paraobservação de baleias.

La Isla de Lobos faz parte da Reserva de vida silvestre pertencentes ao "Parque Nacional das Ilhas Costeiras" no Oceano Atlântico, a 8,5 km da costa de Punta del Este (45 minutos de barco). A área de 41 hectares é habitada pela maior colônia de leões marinhos da América do Sul, que dá o nome à ilha. A ilha tem 980 metros de comprimento e suas margens rochosas alternam-se com areia fina. O solo é composto de granito rosa e é parcialmente coberto de vegetação.

Farol de Punta del Este

Do alto de seus 45 metros de altura, foi construído em 1860 por Tomas Libarona, com materiais vindos da Europa. Seu objetivo original era facilitar a orientação aos marinheiros que navegavam pelo Oceano Atlântico e pelo Rio de la Plata. Agora é possível subir os 150 degraus de sua escada em espiral.

O farol é preservado em perfeitas condições até hoje, porque foi usada para sua construção uma mistura de terra vulcânica especial vinda de Romamais dura que o cimento. Os prismas de vidro que compõem o sistema de iluminação foram trazidos da França. Tornou-se o "primeiro farol não tripulado" do Uruguai com tecnologia do século 21 graças a novos equipamentos alimentados por energia solar, através de painéis que carregam baterias dentro do próprio farol. Inicialmente, pensava-se que o melhor lugar para instalá-lo era a Isla de Lobos, mas os pescadores alegaram que a luz perturbava os leões e elefantes marinhos, é por isso que foi transferido para a península.  Outro edifício histórico da cidade velha, que está localizado em frente ao farol, é a "iglesia de la Candelaria", uma bela igreja católica azul. A construção foi inaugurada em 1911.

No interior, você pode ver uma imagem da Virgem da Candelária que veio da Espanha. No entanto, a obra se seguiu por vários anos. Em 1947, foram construídos os arcos e pilares atuais, sobre os quais está apoiado o corredor principal, Foram refeitos os corredores laterais e, finalmente, em 1950, o piso monolítico de Antonio Meneghin foi construído; concluindo assim toda a obra.

Viaja para Punta del Este com Costa Cruzeiros

 

A "Saint-Tropez" da América do Sul é famosa não só pelas festas frequentadas pelo jet set internacional, mas também pelos muitos eventos culturais organizados, pelas galerias de arte contemporânea, pelo clima ameno durante todo o ano e pelo bom vinho, que é produzido nos campos próximos dali. No mais, você pode passar dias relaxantes jogando golfe, vagando pelas ruas comerciais, monopolizadas pelas belas boutiques das mais famosas marcas internacionais de vestuário, ou passear pelas ruas da cidade velha.

Essa última, talvez menos conhecida, apresenta uma rede muito interessante caracterizada por valiosos edifícios do século XIX, à qual foram adicionadas ao longo dos anos construções modernas de concreto, lindamente projetadas para manter o charme à moda antiga da cidade. E além disso, há praias, natureza e museus. Punta del Este também tem um toque de glamour: Em 1951, o empresário argentino Mauricio Litman organizou o primeiro Festival Internacional de Cinema de Punta del Este, um evento que trouxe estrelas como Joan Fontaine, Silvana Mangano e Gérard Philipe para o balneário. Hoje no verão é fácil encontrar nas ruas de Punta del Este algumas das estrelas latino-americanas mais conhecidas , como Shakira.

Outra razão para escolher Punta del Este como o destino de suas próximas férias.

Viaje com a Costa Cruzeiros