A Turquia é um dos dez melhores destinos do mundo, de acordo com o número de visitantes e receitas. Você ainda está se perguntando "por que ir para a Turquia?" Aqui estão algumas informações sobre o país e os 10 principais motivos por que Turquia deverá ser a sua escolha para passar férias.

 A república da Turquia é um país grande de quase 800 mil quilômetros quadrados. Está localizada entre os dois continentes Europa e Ásia.  Faz fronteira com Bulgária, Grécia, Geórgia, Armênia, Irã, Azerbaijão, Iraque e Síria, e é banhada pelos mares, Mediterrâneo, Egeu, Negro e de Mármara. A capital dela é Ancara e a cidade mais famosa é Istambul. Istambul é a segunda capital da Turquia como se referem. A população do país é de 75 milhões de habitantes, a maioria deles são muçulmanos. Politicamente, Turquia já pronunciou em 2002 que ela é um país laico, que não tem religião oficial. Sua economia é uma das principais do planeta, com o 17º maior PIB do mundo.

O clima único do Mediterrâneo e a beleza natural da Turquia permitem quase 6 meses de verão nas regiões do sul, especialmente em Antalya e Bodrum, que são os destinos turísticos mais populares do “sol e mar”. As praias arenosas são esplêndidas e o mar, especialmente a costa do mar Egeu, é o mais incrível. Fizemos um elenco das melhores atrações e cidades para você descobrir esse país incrível: 

Geografia

A Turquia é um país do Oriente Médio situado em sua maior parte na Anatólia e numa pequena região da Europa (Trácia oriental). Com uma superfície aproximadamente retangular de 779.452km2, o país limita-se ao norte com o mar Negro e a Bulgária; a oeste, com a Grécia e o mar Egeu; ao sul, com o mar Mediterrâneo, a Síria e o Iraque; e, a leste, com o Irã, a Geórgia e a Armênia. A Turquia europeia e a asiática estão separadas pelo pequeno mar de Mármara, que se comunica com o Egeu pelo estreito de Dardanelos e, com o mar Negro, pelo Bósforo.

A maior parte da Anatólia é formada por um planalto central cercado de montanhas jovens. Os montes Pônticos se estendem ao norte, paralelos à costa do mar Negro, e a cordilheira do Taurus, ao sul. A Anatólia central, confinada entre essas duas formações montanhosas, é uma planície recortada por várias bacias interiores. Na oriental, situa-se o maciço da Armênia, com várias elevações de origem vulcânica, a maior das quais é o monte Ararat, de 5.137m de altitude, ponto culminante do país. Já a Anatólia ocidental apresenta cadeias alongadas e separadas por depressões. Os planaltos em torno de Istambul, no noroeste da Turquia, são cortados por vales profundos, como os ocupados pelos estreitos de Bósforo e Dardanelos.

Istambul

Istambul é uma cidade enorme, sedutora, vibrante, histórica, apaixonante e caótica. Tem ao redor de 15 milhões de habitantes sendo que 99% deles são muçulmanos, mas bem tolerantes. Nada radicais. São tranquilos quanto à indumentária feminina, relaxados quanto aos cinco chamados do muezim, convivem pacificamente com outras religiões e consomem bebidas alcoólicas. Esse jeito "islâmico liberal" atrai muita gente e faz com que a Turquia seja o sexto país mais visitado do mundo.

No entanto, nem tudo é perfeito. O trânsito é assustador, talvez pior do que o de São Paulo. Por sorte, existe a opção de fugir do asfalto pelo mar. Barcos são uma excelente alternativa para as horas de rush.Além de um sistema de ferries super eficiente, o visual ao longo do Estreito do Bósforo é lindo e o pôr do sol espetacular. Portanto, se tem uma dica que realmente vale a pena para quem vai ficar menos de 5 dias na cidade é sobre a localização do hotel. Opte por ficar na parte antiga de Istambul, onde estão quase todos os locais a serem visitados numa primeira ida à cidade, pois o trânsito intenso pode atrapalhar o ritmo da viagem. Para quem tem mais tempo e já não está mais indo à Istambul pela primeira vez, tudo muda de figura e o ideal é ficar numa região mais tranquila, elegante e menos turística.

Capadócia

Muitas pessoas pensam que o nome de Capadócia provém do vocabulário hItita Katpadukya que significa, a terra dos cavalos de raça, e outras dizem que a origem do nome vem da língua persa que chamam a região de Katpatuka que significa a terra de belos cavalos, porém os gregos chamavam à região Leucosyri que significa os sírios brancos.

A Capadócia fica na Anatólia Central, bem no meio do país, a uns 700 quilômetros de Istambul. Há várias cidadezinhas onde se concentram hotéis e restaurantes. As mais charmosas são Göreme e Uçhisar. Muita gente prefere ficar em Ürgüp, que completa a trinca das mais populares. 

Ao contrário do que muita gente pensa, é facílimo se virar sozinho na Capadócia. As estradinhas são bem sinalizadas, as atrações têm audioguias e os highlights estão concentrados numa área relativamente pequena (você nunca precisa dirigir mais de meia hora). 

No entanto, fazer pelo menos um passeio guiado pelas casas escavadas é interessante para ter algumas explicações sobre detalhes que, sozinho, você dificilmente conseguiria observar ou entender. As cidades subterrâneas não são tão claustrofóbicas assim. Não sofra por antecipação. 

Dá até pra sentir um ventinho nas proximidades dos tubos de ventilação.

Pamukkale

Pamukkale é uma palavra turca que significa castelo de algodão. Não é muito difícil adivinhar o porquê deste nome não é?

Pois então, as enormes pedras brancas que muitos pensam ser geleiras são formadas de carbonato de cálcio, presente na água termal que desce pelas cascatas. Com o tempo esta água se solidificou formando as pedras calcárias em formato de degraus e com grandes bacias que formam lagos na cor azul. Essas piscinas são termais e a água chega a 35º, atraindo muitas pessoas em busca do efeito curativo dessas águas para muitas doenças. Aliás, Pamukkale e suas águas termais já eram um local procurado desde a Antiguidade quando era considerado um Spa por Romanos e personagens ilustres como Cleópatra.

Para pisar nas rochas brancas você precisa estar descalço ou pode deixar seu calçado separado num deck que existe antes das piscinas. O ideal é ir com roupas de banho, pois há algumas piscinas ,não tão rasas, que é possível se banhar. Próximo às pedras de mármore travertino de Pamukkale existe a chamada Piscina da Cleópatra também com águas termais que chegam a 36ºe que de acordo com a lenda, era frequentada pela rainha do Egito que acreditava no poder curativo e rejuvenescedor daquela água, que ficou conhecida então como Fonte da Beleza. 

As montanhas do Kaçkar

As montanhas do Kaçkar ficam no nordeste da Turquia, no interior do Mar Negro, com a maior altitude atingindo 3.937 metros (12.917 pés). A grande vantagem de caminhar nas montanhas Kaçkar e na paisagem circundante é que não é totalmente selvagem, o que significa que há muitos yaylas habitados sazonalmente por pastores e seus rebanhos, estradas que ligam essas aldeias e até mesmo linhas de energia. Durante a alta temporada no verão, você verá muitos grupos de trekking apreciando a paisagem gloriosa; no entanto, se você preferir desfrutar das montanhas sozinho, maio é uma época muito melhor para planejar sua viagem. 

Mesmo em altitudes mais baixas, o cenário é absolutamente lindo, com densas florestas tropicais, pastagens verdes profundas e um amplo espectro de cores de flores silvestres florescendo ao sol.É uma boa ideia trazer todo o seu equipamento de acampamento para esta viagem, porque muitas vezes você ficará em uma barraca quando for hora de se acalmar para a noite. No entanto, alguns dos vilarejos nas montanhas também oferecem algumas pequenas pensões familiares, então, se você precisa urgentemente de um chuveiro e uma cama, pode planejar com antecedência em quais vilarejos gostaria de ficar.

Éfeso

Por muito tempo, essa foi a segunda cidade mais importante do Império Romano, também de grande relevância para o mundo pagão e referência na difusão do cristianismo.

 Um dos maiores museus arqueológicos do mundo ao ar livre, localizado na parte ocidental da Ásia menor, na região de Anatólia, próximo ao Mar Egeu, a cidade de Éfeso foi construída por volta de 1000 a.C. pelos gregos. 

As escavações na região onde se localiza a cidade começaram há 100 anos e, segundo Foi no período de domínio grego, em Éfeso, a construção do Templo de Ártemis, a deusa grega, denominada de Diana pelos romanos, a protetora dos bosques, da caça e dos animais selvagens. 

O monumento foi uma das sete maravilhas do mundo antigo e se tornou centro de veneração à deusa. Era composto por 127 colunas de mármore dispostas em filas duplas, todas decoradas com obras de arte, tendo cada uma 20 metros de altura.

Tinha 138 metros de comprimento e 71,5 metros de largura., apenas 25% foram redescobertos.Éfeso também ficou famosa pelo seu grande estádio, com capacidade para 25 mil pessoas, três andares e 18 metros de altura. O espaço era usado para eventos de música, cerimônias religiosas, discussões sobre questões da cidade, jogos e lutas de animais com gladiadores (um grande cemitério desses lutadores foi encontrado na cidade). Também foi palco das pregações do apóstolo Paulo, que viveu na cidade difundindo o cristianismo.

Praia de Patara

Localizada a apenas 17 quilômetros a oeste de Kalkan, na costa do Mediterrâneo, a Praia de Patara é considerada o local de nascimento do Papai Noel. Dizem que São Nicolau nasceu aqui no século III, depois do qual se mudou para Demre, onde se tornou bispo e começou a praticar suas boas ações. Papai Noel à parte, a praia arenosa aqui tem uns magníficos 12 quilômetros de comprimento e 50 metros de largura, então nunca parece lotada.

A Praia de Patara é na verdade a maior praia da Turquia e não foi arruinada pelo desenvolvimento como tantas outras praias. Isso se deve em grande parte à proximidade das praias com a antiga cidade de Patara, mas também tem as tartarugas-cabeçudas protegidas que põem ovos aqui nos últimos 40 milhões de anos.

Não muito longe da praia de Patar, há várias ruínas antigas, incluindo um arco triunfal que remonta ao Império Romano. Uma equipe de arqueólogos da Universidade de Antalya escava aqui todos os verões e reconstruiu vários edifícios antigos importantes. Há uma pequena taxa de entrada para as ruínas, e você praticamente tem que passar por aqui para chegar à praia.

Ankara

Contrário do que se pensa, Istambul não é a capital da Turquia, mas sim a Cidade de Ankara - uma cidade moderna, repleta de vestígios históricos, castelos e ruínas das civilizações hitita, frígia, helênica, romana, bizantina e otomana. 

Ankara fica localizada à 3h de Capadócia. Apreciar a incrível vista panorâmica na Torre Atakule, sem dúvidas, é o melhor lugar, além de possuir um ótimo restaurante. Entre os diversos e excelentes museus da cidade, destaque para o Museu das Civilizações da Anatólia, que ocupa dois edifícios otomanos recuperados e cuja coleção se encontra em ordem cronológica, incluindo magníficas esculturas hititas e relevos esculpidos em grandes blocos de pedra. 

No Museu da Guerra de Independência encontram-se fotografias e documentos sobre a história do Império Otomano. No alto da colina Kocatepe encontra-se a mesquita de mesmo nome, que foi construída em estilo otomano entre 1967 e 1987. É a maior mesquita de Ankara e dispõe de vitrais, mármore e decoração em folhas de ouro.Vários pontos turísticos são encontrados ao longo da Avenida Ataturk, a mais importante de Ankara. A praça Ulus, que em turco significa “nação”, ocupa o centro da cidade. Além do Monumento da República e o Prédio do Parlamento, conta com inúmeros bancos, shoppings, lojas, hotéis, empresas, restaurantes e muitos locais históricos.

Nemrut

Coroando um dos picos mais altos da cordilheira oriental de Taurus no sudeste da Turquia, Nemrut Dağ é a Hierotheseion (templo-tumba e casa dos deuses) construída pelo falecido rei helenístico Antíoco I de Commagene (69-34 aC) como um monumento a si mesmo.

Com um diâmetro de 145 m, o monte funerário de lascas de pedra com 50 m de altura é circundado em três lados por socalcos nas direções leste, oeste e norte. Duas rotas processuais antigas separadas irradiam dos terraços leste e oeste. Cinco estátuas de calcário gigantes sentadas, identificadas por suas inscrições como divindades, estão voltadas para fora do túmulo no nível superior dos terraços leste e oeste. 

Estes são flanqueados por um par de estátuas de animais guardiães - um leão e uma águia - em cada extremidade. As cabeças das estátuas caíram para o nível inferior, que acomoda duas fileiras de estelas de arenito, montadas em pedestais com um altar na frente de cada estela. Uma linha carrega esculturas em relevo dos ancestrais persas paternos de Antíoco, a outra de seus ancestrais maternos macedônios. Inscrições no verso das estelas registram os links genealógicos. Uma plataforma quadrada de altar está localizada no lado leste do terraço leste. 

No terraço oeste, há uma fileira adicional de estelas representando o significado particular de Nemrut, as cenas de aperto de mão deixou se mostrando Antíoco apertando a mão de uma divindade e a estela com um horóscopo de leão, que se acredita indicar a data de construção da área de culto. O terraço norte é longo, estreito e retangular, e abriga uma série de pedestais de arenito. As estrelas junto aos pedestais do terraço norte não apresentam relevos nem inscrições.

Informações úteis para viajantes

A Turquia, sem dúvida, é um dos países mais lindos da Europa e também da Ásia. Isso porque, ela é considerada um país euro-asiático, por estar nos dois continentes. A Turquia está entre os países considerados relativamente baratos para viajar. Mesmo assim, é complicado estabelecer os gastos, pois isso dependerá de vários fatores, como período e estilo de viagem, entre outros.

Para se locomover por lá, os gastos não são tão significativos, sendo menos de 5 euros para usar o transporte público (metrô, trem e ônibus). 

No caso da hospedagem, é possível encontrar acomodações mais baratas em hostels ou albergues por aproximadamente 15 euros na baixa temporada.

Mesmo tendo passado por atos terroristas em 2016, fazer turismo pelo país, hoje em dia, é seguro e tranquilo.

O Itamaraty garante que é possível fazer turismo com segurança em terras turcas, mas com certa cautela, que inclusive é uma orientação para qualquer destino do mundo.Ao desembarcar no país, basta apresentar passaporte com validade de, no mínimo, seis meses.É importante ter em mãos passagem de volta, comprovantes de hospedagem ou carta-convite.

Outra dica é levar também um chip de viagem internacional para garantir a sua comunicação e conexão à internet durante seus passeios.

Descubra o mar Mediterraneo com a Costa Cruzeiros.

O Mediterrâneo é considerado o mar mais importante da Europa, banhando três penínsulas muito conhecidas: a Ibérica, Itálica e os Balcãs.Mas há também cultura, história, belezas naturais inexploradas e agitação para quem não dispensa estes momentos.

São verdadeiros oásis para os fãs de praias com cenários paradisíacos, com areias claras e mar vibrante em tons azuis, ideais para relaxar e aproveitar ao máximo tudo que esse pedaço de paraíso pode lhe proporcionar.

Para suas próximas férias, não perca esta oportunidade, suas férias se tornarao uma experiência totalmente diferente, uma experiência que fará a melhor versão da sua viagem, embarque nessa aventura.