Pense em marcas de bens de consumo cujas robustez, confiabilidade e discrição sejam suas principais características. Ou em tenistas de jogo elegante e movimentos precisos. Ou talvez numa terra que preza o bem-estar social e o respeito à natureza. Essa é a Suécia, o maior dos países da Escandinávia. Eles inventaram o ABBA e o Roxette, os móveis da IKEA e os carros Volvo. Daqui saíram musas do cinema como Ingrid Bergman e Greta Garbo, gênios como o cineasta Ingmar Bergman e as decisões sobre os laureados com o Prêmio Nobel. Eles adoram pratos com pão, batatas e peixes, como salmão defumado e arenque, além do indefectível köttbullar, as almôndegas de carne. Eles amam o futebol tanto quanto nós, mas são estrelas de esqui, handebol e hóquei no gelo que são destaque nos jornais. Quando o país conquistou o ouro no torneio de hóquei dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2006, a geração de Mats Sundin, Peter Forsberg e Nicklas Lidstrom fez a Suécia inteira parar.

Estes grandalhões são descendentes dos vikings que exploraram todo o Báltico, alcançando terras tão longínquas como Belarus, Ucrânia e Turquia. Estes homens eram conhecidos como Rus e as estepes por eles trilhadas viriam a ser conhecidas como Rússia – um atestado de sua alma empreendedora.

Abaixo você vai encontrar uma seleção das melhores atrações e cidades que você não pode deixar de fazer neste país incrível e apaixonante:

Estocolmo

As melhores atracões de Estocolmo voce encontra aqui: construída sobre 14 ilhas e 54 pontes, a capital da Suécia é um espetáculo arquitetônico e a natureza da cidade está perfeitamente incorporada ao cenário urbano organizado, que sintetiza toda a infraestrutura do nono país no ranking do IDH (Índice de Desenvolvimento Humano). Viajar para Estocolmo proporcionará alegria para viajantes de todas as idades e com as mais variadas preferências, afinal, o local oferece distintas atrações turísticas e muita tranquilidade.

Calma, limpa, sem grandes congestionamentos e muito segura, Estocolmo tem cerca de 900 mil habitantes, mas conserva a calmaria apreciável daqueles interiores bucólicos. Será uma excelente ideia organizar a trip para uma das metrópoles com a melhor qualidade de vida do mundo.

A Costa Alta

Patrimônio Mundial da UNESCO. A Costa Alta, na província de Ångermanland, no nordeste da Suécia, é um Patrimônio Mundial da UNESCO por sua paisagem marítima e terrestre única e altamente cênica e seus penhascos e rochas de granito Nordingrå distintamente vermelhos.

Devido a um processo combinado de glaciação e recuo glacial decorrente da última Idade do Gelo 9.600 anos atrás, a terra outrora compactada agora está subindo abruptamente e recuperando dramaticamente seu direito ao espaço vertical. Tecnicamente, possui aprox. 295 m de aumento ou "rebote".

A área incluída na lista do Patrimônio Mundial se estende por 100 km de norte a sul, com o Parque Nacional Skuleskogen no centro. A Costa Alta é mais bem explorada a pé ou de bicicleta. Mas você também obtém vistas fantásticas de carro, começando nas cidades de Örnsköldsvik ou Härnösand. No verão, também há passeios de barco e balsa operando ao longo da costa.

Gotemburgo

Localizada na costa oeste da Suécia, Gotemburgo tem uma cidade pulsando com a natureza à sua porta. É conhecida por seus habitantes amigáveis, e não é de admirar - morar em uma cidade tão cheia de personalidade junto ao mar tornaria qualquer pessoa alegre e acolhedora.

Gotemburgo foi fundada em 1621 pelo rei Gustav II Adolf e se estabeleceu como um importante centro de pesca comercial. Embora a cidade tenha se modernizado ao longo dos séculos para se concentrar em outras indústrias - é o berço dos carros Volvo, por exemplo - sua orgulhosa herança pesqueira permanece. Não há melhor lugar para colocar as mãos em frutos do mar de alta qualidade do que nesta costa. Você será mimado pela escolha, graças à sua grande variedade de restaurantes - desde restaurantes finos a restaurantes casuais, muitos dos quais se concentram em peixes e frutos do mar de origem local.

Kungsleden

Kungsleden é uma famosa trilha de longa distância no norte da Suécia e é dividida em duas rotas: a Kungsleden do norte e a do sul. Ele também é chamado de Trilha do Rei. A seção norte leva cerca de 440 quilômetros de Abisko a Hemavan, enquanto a seção sul leva você a Storlien, cerca de 350 quilômetros de Sälen. Caminhamos os primeiros 300 km no norte de Kungsleden de Abisko a Jäckvik. A trilha também o levará ao redor da montanha mais alta da Suécia, a Kebnekaise (2.099 m).

Como o Kungsleden está além do círculo ártico, no norte da Suécia, você deve aproveitar os meses de verão para fazer caminhadas. Por um lado, fica muito frio aqui no inverno e, por outro lado, escurece muito cedo. A particularidade do verão, porém, é que ainda é claro à noite - em julho, por exemplo, você tem 24 horas de luz do dia - então não precisa se preocupar em montar sua barraca a tempo de anoitecer. A única desvantagem no verão são os muitos mosquitos em certas áreas que podem realmente incomodar em dias sem vento.

Lago Siljan

O Lago Siljan é o sexto maior lago da Suécia, hoje, a área é uma imagem de tranquilidade a apenas algumas horas de carro de Estocolmo e está perto do coração de muitos suecos, para os quais é um destino favorito de verão.

O lago de 354 km2 e sua paisagem circundante combinam águas cristalinas com paisagens verdes exuberantes, atividades ao ar livre em abundância, uma rica tradição de artes folclóricas e alguns dos vilarejos mais bonitos da Suécia. Se atividades ao ar livre não são sua praia, você poderá ver cavalos de Dala da arte popular sueca sendo pintados à mão em Nusnäs, aprender sobre a vida de um dos artistas mais amados do país, Anders Zorn, em Mora, ou apenas relaxe e aproveite a vida na adorável Tällberg.

Marstrand

Marstrand é uma cidade histórica pequena, situada entre duas ilhas, Marstrandsön e Koön, localizada a uns 45 km de Gotemburgo. Tem cerca de 1.500 habitantes e como não poderia ser diferente é bastante lotada de turistas na alta temporada.

Apesar de muitos viajantes a visitarem durante o verão, no inverno ela também atrai gente, principalmente os velejadores. Isso acontece porque a cidade é considerada um porto seguro para eles, justamente porque as águas que cercam Marstrand raramente congelam.Mas o que chama mais a atenção por aqui é o Carlsten Fästning, uma fortaleza do século 17, bem como um dos maiores campeonatos de vela na Suécia, o Match World Cup.

Monte Areskutan

Åreskutan é uma montanha no oeste da província histórica de Jämtland. O seu ponto mais alto atinge os 1 420 metros. Esta montanha está localizada na comuna de Åre, na proximidade da localidade de Åre

Mt. Åreskutan oferece fácil acesso a caminhadas com vistas magníficas.

As trilhas começam na praça central, mas se você não quiser andar todo o caminho, pegue o elevador e comece a caminhada a partir daí. As trilhas são variadas, desde passeios simples de uma hora até passeios de um dia mais desafiadores. Após a caminhada do dia, pegue o elevador de volta à aldeia para uma caminhada após uma caminhada em um pátio externo ensolarado

Caminhadas no Monte Åreskutan é variado em comprimento e gravidade - variando de viagens mais curtas que se adequa a toda a família a caminhadas mais desafiadoras para caminhantes experientes. Seja qual for o seu objetivo e nível de caminhada, desfrute do ar puro da montanha e das belas vistas sem estresse.

Smogen

Smögen é uma localidade da Suécia, situada na província histórica de Bohuslän.

Você não pode ir para Smögen sem dar uma olhada no famoso Smögenbryggan. Tem cerca de 700 metros de comprimento e a meio do dia é muito movimentada. Mas é um ótimo local para observar as pessoas e ir às lojas aconchegantes e comprar coisas locais. Ou se você está pronto para correr vá lá das 8h30-9 da manhã e você terá o lugar para você.Se você ama frutos do mar, uma ótima dica é comprar alguns frutos do mar caros, mas famosos e saborosos em uma das lojas no mercado de peixes. Garanto que nunca provou lagostins melhores do que os recém cozidos.

Mais uma aventura ao ar livre que você precisa experimentar e caminhar ou correr na trilha de Sandö, que fica perto da ICA Ankaret na ponte. É uma caminhada de 2 km até o fim e é uma das minhas rotas de corrida favoritas no mundo. A vista é imbatível e vale a pena fazer uma pausa quando chegar ao final só para curtir a vista e o sossego.

Gotland e os Monolitos

Gotland, na Suécia, é uma ilha paradisíaca com uma natureza selvagem cheia de personalidade e um litoral pontuado por praias de areia e rochas esculturais. Historicamente significativa, sua cidade principal, Visby, é uma maravilha da era viking e Patrimônio Mundial da UNESCO.

Vale a pena visitá-la em qualquer época do ano - cada estação tem seu charme único - mas a ilha ganha vida principalmente durante o verão, quando as temperaturas rondam os 20 ° C e as águas são mais propícias ao banho. Mesmo que nadar não esteja na agenda, o distinto litoral de Gotland tem muito a oferecer. As pilhas do mar - ou ‘raukar’ como são chamadas em sueco - encontradas na costa leste rochosa são uma visão quase sobrenatural de se ver.

Gotland tem um cenário natural incrível e, como é em sua maioria plana, é o destino dos sonhos de um ciclista. A costa de Eksta é uma opção popular de ciclismo com muito a oferecer. Situado em uma reserva natural idílica, este trecho costeiro atravessa o lado oeste da ilha, da vila de pescadores de Djupvik a Hammarudden. Embarque em uma balsa para explorar as ilhas vizinhas de Stora Karlsö e Lilla Karlsö, conhecidas por sua rica flora e fauna.

Malmo e a Ponte Oresund

Malmö - no extremo sul da Suécia, do outro lado do estreito de Öresund de Copenhague, na Dinamarca - é a terceira maior cidade do país depois de Estocolmo e Gotemburgo. Um redemoinho de diversidade, uma mistura de antigo e novo, Malmö é uma das cidades mais ecléticas da Escandinávia. Arranha-céus em espiral erguem-se acima de praças centenárias movimentadas, e fachadas de tijolos despretensiosos abrigam um tesouro de criações artísticas modernas. Esta cidade incrível irá capturar seu coração e deixá-lo querendo mais.

Fundada no final dos anos 1200, Malmö pertencia originalmente à Dinamarca, tornando-se sueca apenas em 1658. Hoje, a cidade é o lar de mais de 316.000 pessoas, um verdadeiro caldeirão de culturas, com residentes vindos de mais de 170 países, agora o mais incrível e fazer a travessia da Ponte Oresund Os países Dinamarca e Suécia são conectados por ela – em dinamarquês Oresundsbroen e em sueco Oresundsbro.

Essa ponte conecta as cidades de Copenhague, a capital da Dinamarca e Malmo. Isso facilita bastante a viagem entre os dois países, um programa imperdível que você não pode, deixar de fazer a Oresund é sensacional. Fora que também você tem a oportunidade de conhecer o país vizinho.

Descubra o Norte da Europa com a Costa Cruzeiros

Para quem gosta de história e paisagens incríveis, visitar a Noruega, Finlândia, Suécia, Dinamarca ou até mesmo a Estônia, entre outros países, é uma excelente opção, acredite!

Você já pensou a emoção que é poder ver de perto a aurora boreal ou o sol da meia noite?! Eu posso te garantir que é emocionante!

Venha com a gente descobrir um pouco mais desta região fantástica que é o norte da Europa, uma região igualmente rica em descobertas culturais, onde celtas e vikings deixaram uma história cercada de muitos mistérios, através de contos e lendas curiosas que instigam os visitantes.