A cidade de Santos, que se destaca por sua orla de 7 km de praias e seu clima tropical, possui o maior porto da América Latina, um belo Centro Histórico restaurado. Um de seus destaques é o maior jardim do mundo que contorna as praias. Registrado no Livro dos Recordes, possui 5.335 metros de comprimento, repleto de flores e 1.700 árvores cuidadosamente tratadas. 

Além das belas praias, há muito o que fazer em Santos, no litoral de São Paulo. A cidade conta com uma lista extensa de atrativos e eventos que acontecem ao longo do ano. Por isso, embora o verão seja a alta temporada de todas as cidades da Baixada Santista, mesmo que as temperaturas não sejam tão baixas no inverno, há o que fazer o ano inteiro.

É que Santos é uma cidade considerada grande para o litoral paulista, com “vida” o ano todo, não apenas no verão. Parte disso é devido ao porto de Santos, um dos maiores do Brasil que atrai muitas empresas. Na cidade há diversos pontos turísticos para quem quer ter mais contato com a natureza, como parques e mirantes, museus e eventos o ano todo, sem contar as diversas praias.

É claro que muitos atrativos santistas estão relacionados ao mar, mas a cidade, é uma das mais antigas do Brasil tem muito mais a oferecer aos seus visitantes. Desde igrejas históricas, museus de diferentes temas, orquidário, bondes, futebol, atividades de ecoturismo, porto e muito café. 

Seja na parte continental da cidade ou na ilha, Santos encanta quem deixa um pouco as praias de lado e conhece seu Centro Histórico.

Veja aqui embaixo algumas dicas úteis para seu passeio em Santos:

História da Cidade

Verificam-se relatos a respeito que essa área foi descoberta apenas dois anos após o descobrimento oficial do Brasil, em 1502, com a expedição de Américo Vespúcio para o reconhecimento da costa brasileira. A coroa portuguesa interessou-se pouco pela região nos trinta anos que se seguiram à expedição. 

Durante este tempo, vários corsários e piratas acudiam à região em busca do pau-brasil, madeira nobre que era objeto de cobiça na época, largamente explorada pelos portugueses na Mata Atlântica abundante da região.

No entanto, em 1531 o navegador Martim Afonso de Sousa, encontra na entrada do atual estuário de Santos (Ponta da Praia) um pequeno povoado e um atracadouro, conhecido como Porto de São Vicente. Assim Santos começou a própria vida como uma colônia porta.

Já entre 1530 e 1543 passou ser considerada vila, mas Santos foi elevada à categoria de cidade em 26 de janeiro de 1839 quando a Assembléia Provincial (que hoje equivale a Assembleia Legislativa Estadual) resolveu aprovar uma Lei que elevou a Vila de Santos à condição de Cidade, assinada por Venâncio José Lisboa, presidente da Assembleia.

O que visitar

A maior cidade do litoral sul paulista oferece a você diversificadas atrações turísticas que vão desde passeio de escuna, visita aos museus, orquidários, aquários, praias, além de desfrutar de toda a sua beleza natural e cultural. 

Santos é um dos destinos turísticos mais apreciados da região paulista, possuindo uma das maiores extensões de praias, tendo uma orla com mais de 7 km de extensão, cerca de 1.700 árvores e é rodeada por flores. 

Seu clima tropical proporciona um ambiente propício para se divertir nos passeios de escuna pela Baía de Santos e ir às praias como a do Embaré , José Menino, Aparecida, Góes e do Boqueirão. Os cenários são perfeitos para aproveitar o dia inteiro e ainda aproveitar o pôr do sol no fim da tarde.

Por ser uma das cidades mais antigas do Brasil, Santos tem um grande valor histórico e cultural. Isso significa que você pode visitar diversos museus para descobrir mais sobre o crescimento do país e seus primeiros anos de colônia até os dias atuais. 

O Centro oferece dezenas de pontos turísticos como o Palácio José Bonifácio, onde funciona a Prefeitura, a Bolsa Oficial do Café – marca de um período de economia pujante, no início do século XX, Santuário do Valongo, Catedral, Monte Serrat, Estação Ferroviária do Valongo e o Museu Pelé. O Engenho dos Erasmus, primeiro engenho de açúcar do Brasil de que se tem notícia, é outra riqueza histórica da cidade, do outro lado do território, na zona noroeste. 

O Aquário Municipal, o Orquidário (na região da Orla) e o Jardim Botânico (na Zona Noroeste) guardam pedaços preciosos da natureza e da biodiversidade. Já o Memorial das Conquistas, na Vila Belmiro, guarda a história de um time que fez a cidade se tornar conhecida mundialmente.

Como se mover

Santos é uma cidade plana e com uma orla bonita e organizada, assim você pode aproveitar muito a cidade caminhando pelo calçadão, andando de bicicleta ou mesmo pedalando, caso você curta. Quando você cansar, tem outras opções para todos os bolsos. Agora para quem quer economizar a melhor opção para se locomover em Santos é o transporte público.

Na cidade você pode utilizar as linhas de ônibus (coletivo e seletivo) e o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). São mais de 40 linhas de transporte coletivo que cruzam toda a cidade.  É muito fácil também se locomover com os aplicativos como o da Uber, Cabify e 99taxis. 

Como falado, outra forma de se locomover em Santos é através das bicicletas, afinal, pedalar em frente ao mar é uma experiência maravilhosa! Visando a sustentabilidade, as bicicletas do Bike Santos são distribuídas em estações em pontos estratégicos da cidade. Para utilizar o meio de transporte é necessário baixar o app Bike Santos, ou com o cartão de transporte público da cidade.

Bairros principais

Sendo uma cidade de praia, Santos concentra os 47 bairros da cidade junto com as principais praias. Para quem busca aproveitar o clima praiano, a Ponta da Praia é o lugar ideal. Bairro nobre da cidade, o bairro também abriga pontos turísticos como o Aquário e o Museu de Pesca. 

Gonzaga com a praia mais badalada de Santos é ponto de encontro de todas as gerações e aspirações, com um dedicado comércio e uma vida noturna rica, nas imediações. Boqueirão é um ponto multicultural de Santos, com feira de artesanato e seus prédios tombados pelo Patrimônio Histórico e infraestrutura para quem busca o seu lugar confortável ao sol. Embaré é um bairro com bares e quiosques frequentado pelos jovens.

O bairro Vila Belmiro, conhecido pelo famoso estádio de futebol, é o coração da cidade com a sede da Receita Federal e quatro hospitais o que a torna um lugar estratégico pois o bairro está a pouco mais de um quilômetro do centro e tem no seu entorno três das principais vias de Santos, por onde passam linhas de ônibus para toda a cidade. 

Onde comer

Pense que em Santos tem uma rua exclusivamente dedicada à gastronomia da cidade. Pois é, a Rua Tolentino Figueiras fica no bairro Gonzaga, e é conhecida como a Rua Gastronômica da cidade de Santos. 

Por isso, lá é possível encontrar variedades culinárias como comida japonesa, mexicana, italiana, além de bares e lanchonetes. Se quiser experimentar os famosos chopps da cidade, o lugar certo é no Gonzaga onde pode apreciar também um belo churrasco.

Se compararmos Santos a Nova York digamos que o Gonzaga é uma espécie de Midtown banhada pelo mar. Sim, só tem lugares para comer no Gonzaga.

O prato típico da cidade é a Meca Santista, que combina Meca (peixe), risoto de Pupunha e a Farofa de Banana. Os restaurantes especializados nesse prato se encontram principalmente na Ponta da Praia que possui diversas atrações como o Museu de Pesca e o Aquário de Santos. 

O que ver nos arredores

Os principais destinos turísticos nos arredores de Santos são caracterizados pelo ecoturismo já que 85% do território santista que fica na porção continental é, em sua maior parte, preservado. Este cenário paradisíaco é composto por cachoeiras que formam tobogãs naturais, rios de águas cristalinas, aves e animais, além de ruínas históricas

Uma viagem à Santos pode incluir facilmente uma ida até São Vicente, cidade vizinha e considerada a primeira cidade do Brasil. Por lá, vale a pena subir o alto da Ilha Porchat, conferir a vista do Monumento Niemeyer, construído em 2002 em homenagem aos 500 anos do Brasil, e aproveitar subindo no teleférico.

Outro passeio que é muito comum entre os turistas que visitam Santos é fazer um passeio de escuna pela Baía até a Praia do Goés, na Ilha de Santo Amaro, já no Guarujá.

Descubra a América do Sul no cruzeiro Costa

Você já pensou na ideia de viajar pela América do Sul nas próximas férias? Ainda não? Pois, pense que você pode fazer tudo isso em um cruzeiro. A verdade é que existe um monte de coisas para ver e fazer nesses países em qualquer época do ano. Com o cruzeiro Costa América do Sul você acha um mundo de possibilidades incríveis de viagens. Ele te oferece ótimos serviços a bordo e passeios, que vão desde as mais bonitas praias e cidades do continente até avistar o céu estrelado no meio do oceano. Está convencido em descobrir as maravilhas de viajar pela América do Sul?