Marrocos é um dos destinos africanos mais visitados por turistas que buscam um lugar de paisagens incríveis, uma cultura única, cores vibrantes, um povo hospitaleiro e uma culinária saborosa! 

O país, de muitas cores e sabores, ainda preserva histórias e costumes milenares, que encantam seus visitantes. Neste lugar pode-se misturar uma experiência cultural, dentro a história da antiga arquitetura das cidades, com uma experiência relaxante onde vocè pode mergulhar dentre a natureza das praias em Marrocos, montanhas, cânions, lagos e do deserto. 

Está localizado no noroeste da África, logo embaixo da Espanha. Esses dois países são divididos apenas pelo Estreito de Gibraltar (14 km). 

A moeda oficial do Marrocos é o Dirham Marroquino (MAD). De forma aproximada, 1 Euro ou 1 Dólar Americano compram 10 Dirhams. Em muitos pontos turísticos o Dólar e o Euro são aceitos, mas é recomendável ter os Dirhams disponíveis para as despesas menores. 

Sobre os idiomas, além do dialeto árabe falado no Marrocos chamado Darija, você pode exercitar o seu francês, segunda língua oficial do país. Ainda há um grande contingente de marroquinos que falam o espanhol, principalmente mais ao norte, nas proximidades do Estreito de Gibraltar e do Mediterrâneo, e também o inglês nas maiores cidades e atrações turísticas.

As cidades do Marrocos deixam seus turistas apaixonados e, claro, não é à toa. Suas construções de terra, cultura singular, belezas naturais e arquitetura única fazem do destino um dos mais visitados do mundo. 

Prepare-se para conhecer cidades exóticas, com um povo extremamente simpático e acolhedor. Suas construções históricas e cheias de cores tornam os cenários ainda mais espetaculares. 

Entre as principais atrações do morroco estão: 

Marraquexe

Marraquexe (ou Marrakech) é uma das cidades mais populares de Marrocos, considerada a capital do turismo no país. Belíssima, exótica e com construções em tijolo vermelho, é impossível não se apaixonar por ela. 

Chamada de cidade vermelha em razão do tom dos seus edifícios, ela é apaixonante e cheia de cores. Ao chegar em Marrakech, comece o seu roteiro pela Mosquée de la Koutoubia, a mesquita mais importante da região. 

Visitou ainda o Bab Agnaou, construído no reinado do califa Almóada Lacube Almançor, que é uma das 19 portas da cidade. Os túmulos saadianos, com sepulturas de 60 membros da dinastia, precisam estar na sua lista. 

Em uma das cidades mais famosas de Marrocos, a praça Jemaa el-Fna, Património Cultural Imaterial da Humanidade da Unesco, é um tipo de atração que te deixará encantado. Por lá, você encontrará diversas barracas que vendem os mais diferentes tipos de produtos, além de apresentações artísticas, muita música e acrobacias. É incrível! 

Casablanca

Capital econômica do país: famosa por suas enormes e suntuosas mesquitas, a cidade portuária de Casablanca é puro charme e encanto, além de ser um importante centro comercial do país. 

Ela é considerada uma das principais cidades do Marrocos. A influência francesa é vista na arquitetura mourisca dos seus prédios. Aqui pode sonhar estar dentro do famoso filme de Hollywood de mesmo nome. 

A atração mais visitada da cidade é a belíssima Mesquita Hassan II. Essa linda construção, que fica parcialmente sobre as águas, possui um minarete de 210 metros de altura. Se calcula que nela 20 mil homens e 5 mil mulheres podem rezar ao mesmo tempo. 

Ao perambular pela cidade, você vai observar que a cultura marroquina tradicional está presente em cada rua e viela, e no estilo de vida do seu povo. 

No seu tour, conheça a Cathédrale du Sacré Coeur, que pode ser vista de longe. Visite ainda o Royal Palace, a praça Mohammed V Square, o mausoléu Sidi Abderrahman e a torre do relógio Old Medina Clock Tower, uma das atrações mais visitadas. 

Inclua ainda no seu roteiro a Mosquée Ould el-Hamra, uma antiga mesquita muito famosa por lá.

Azamor

Azamor (ou Azemmour, em árabe) é uma pequena localidade fortificada na margem do Rio Morbeia. Com influência portuguesa, mantém a ruína da Casbah com muralhas e uma torre com janelas em estilo gótico. 

É como você entrar em uma velha fortaleza portuguesa habitada e aparentemente bem conservada. Edificada sobre a antiga cidade de Azama, pode se caminhar por entre ruelas labirínticas, lojas de rua e ser cativado pelo cheiro a pão quente de pequenas padarias. 

Admirando as muralhas da cidade, decorada por muitos artistas talentosos que chamam de lar de Azemmour, pode-se visitar a sinagoga do século XVI, um símbolo da coexistência secular entre árabes, judeus e berberes nativos do Marrocos.

El Jadida

El Jadida (ou Mazagão) antiga cidade portuguesa da costa atlântica é declarada hoje patrimônio da humanidade pela Unesco e considerada como uma das sete maravilhas de origem portuguesa no mundo. Sua arquitetura bem preservada apresenta estilos das culturas europeia e marroquina. Tem torres, muralhas, ruelas estreitas e majestosos arcos da cisterna. Serviu de cenário para o filme "Otelo" de Orson Wells. 

É possível caminhar sobre as muralhas e ter vistas lindas do oceano e da cidade. No caminho, você encontrará uma série de canhões do período de dominação portuguesa.

Na medina pode admirar ainda outras construções do período de dominação portuguesa, como a Igreja de Nossa Senhora da Assunção e as Cisternas Subterrâneas (Patrimônio da Unesco), a atração mais famosa de El Jadida e merece uma visita.

Tânger

Tânger também é uma das cidades maravilhosas de Marrocos que te deixará de queixo caído. Ao visitar a região, você vai observar que ela é uma mistura das tradições marroquinas e das influências europeias na sua cultura e estilo arquitetônico, já que ela está bem perto da Espanha. 

Usada há séculos como passagem entre o continente europeu e africano, suas atrações turísticas são surpreendentes: museus, mesquitas e lindas praias. Tânger oferece sua parte mais tradicional com os bazares, lojas, músicos tradicionais e belas mesquitas. 

A cidade está dividida em duas partes, a cidade antiga de Medina e a nova cidade de Ville Nouvelle, assim Tânger ficou uma mistura e composição especial entre a antiguidade e a modernidade. Também ela é uma cidade mágica e cheia de lendas diferentes que dá para ela um gosto único e muito especial. Entre as suas atrações turísticas mais interessantes estão as Grutas de Hércules e o Cabo Espartel. 

Começa a visita no pequeno souk que ocupa o coração da cidade e continua com outros lugares interessantes como o Kasbah e os jardins do sultão que se destacam pelas fragrâncias que emanam provenientes de ervas aromáticas, flor de laranjeira e laranjas. Isso nos lembra que também podemos ficar em algum dos tradicionais Riad Tânger localizados em Kasbah de Tânger e que tem o charme típico e tradicional marroquino. 

Fez

Fez é a capital cultural do Marrocos e possui a universidade mais antiga do mundo, que fica dentro da medina. É conhecida como a “Cidade Imperial”, juntamente com Marrakech, Meknes e Rabat. A sua medina mais antiga, conhecida como “Fez, a Antiga”, é considerada patrimônio cultural da Unesco, junto com as de Marrakech, Essaouira e Tétouan. 

Pode ficar encantado de um mirante de onde se tem uma vista panorâmica fantástica de Fes e do Palácio Real com suas 7 portas

Fez é dividida em duas áreas. A primeira é Fez El Bali, formada pela região mais antiga, com a medina e a mesquita. A segunda é chamada de Fez Jedid, é um novo espaço onde está localizado o bairro judeu Mellah. Impossível não querer conhecer! 

A medina é a maior atração da cidade e possui 9.200 ruas e vielas. Ao entrar lhe dá uma sensação de voltar mais de 10 séculos no tempo. É uma mistura complexa de ruas residenciais, comerciais, de mercados (souks) e mesquitas. Suas ruas e vielas são bem estreitas. Outra característica marcante é a importância dos burricos que, justamente pelas características das ruas, são o meio de transporte usado para levar material para dentro da medina e para retirar o lixo.

Rabat

Rabat é a capital política do Marrocos e segunda maior cidade, é um dos lugares mais visitados já que leva o título de capital do Reino. Lá pode admirar o mausoléu onde estão enterrados o avô e o pai do atual rei, Mohammed VI, e as infinitas bases de colunas do que deveria um dia ser a maior mesquita do país, mas que não chegou a ser concluída. O local fica próximo a um mirante à beira do Atlântico de onde você pode ter uma visão panorâmica para tirar o fôlego. O mirante fica dentro de um Kasbah (espécie de fortaleza) e os dois pontos podem ser visitados sem custo. 

Mas, a parte mais irresistível da região é andar pelo dois polos totalmente distintos, um moderno que será uma surpresa para quem acha que Marrocos é composto apenas por arquiteturas antigas: essa área é super moderna, com direito a estações de metrô de superfície, centros comerciais, museus, salas de espetáculos e uma marina de luxo; e um tradicional que é a área conhecida como medina conserva as suas tradições arquitetônicas e culturais, além do comércio tradicional, com ambulantes e bancas de madeira espalhadas pelas ruas.

Deserto do Saara

No norte da África é o terceiro maior deserto no mundo depois da Antártida e o Ártico que são esses gelados. Tão grande que toca 11 países, de Marrocos até o Egito para o Níger. 

Em uma certa época do ano pode passar de uma temperatura de quase 50 graus de dia até abaixo de zero à noite. 

A parte mais desejada pelos turistas é a região de Erg Chebbi no Marrocos por causa da segurança e das infraestruturas. Essa região mantém as tradições dos povos nômades que moram ainda em tendas. Nessa área há também alguns oásis maravilhosos que permitem compreender a vida que emerge em meio ao gigante Deserto. 

Você não pode visitar Marrocos sem mergulhar nas dunas, oásis encantados e um pôr do sol dos sonhos do Deserto do Saara cavalgando um dromedário característico se acampando junto com o povo local. 

Agadir

Localizada na costa atlântica do sul do país e aos pés das montanhas Anti-Atlas, Agadir é também uma cidade de sonho. Entre as atrações turísticas mais famosas, os campos de golfe ganham destaque, já que são dezenas deles espalhados por todos os cantos. 

Por ser uma região portuária, suas praias também vão te oferecer diversão e momentos de lazer. Não deixe de desfrutar dos cafés, bares e restaurantes localizados em toda a orla. Entre as cidades do Sul de Marrocos, Agadir merece uma visita. 

Faça um passeio também por Casbá, uma pequena cidade que fica no alto da colina de Agadir que, embora tenha sido destruída em um terremoto, ainda preserva ruínas da antiga muralha. No verão, passei um dia de sol na Agadir Beach, que fica sempre lotada nessa época. Visite ainda a Agadir Medina, que irá te encantar com os tijolos amarelos, e o mercado Souk El Had. 

Asilah

Asilah é uma antiga colônia portuguesa do século XV situada no litoral Atlântico do Marrocos, a aproximadamente 40 km de Tânger, que hoje encanta os viajantes com suas casas branquinhas e ruelas repletas de artes e artistas. 

Asilah apresenta uma das medinas mais bem preservadas do Marrocos, que é toda cercada por muralhas. Por isso mesmo, é praticamente impossível se perder em suas ruelas. Basta guiar-se por essas muralhas e você logo encontrará uma das portas da cidade. 

O centro histórico de Asilah é bem pequeno e seguro. Lá você não verá vendedores disputando clientes como vemos, por exemplo, em Marrakech, nem tantos turistas. Por isso mesmo, o ideal é caminhar tranquilamente por suas ruelas, sempre guiando pelo mar e pelas muralhas. Ao longo de sua caminhada, observe as diversas pinturas encontradas nos muros das casas. Esses murais fazem parte do Festival Internacional de Artes de Asilah, que acontece todos os anos na cidade, desde 1978. 

Construídas pelos portugueses, que dominaram Asilah entre 1471 e 1550, as muralhas da cidade estão super bem preservadas e possuem duas portas principais: Bab Al Homar e Bab Al Kasbah. Localizada dentro da medina, a Torre Al Qamar marca a arquitetura militar portuguesa em Asilah, datada do início do século XVI. 

Totalmente revitalizado, o porto de Asilah exibe cenas que parecem pinturas. Pode admirar barquinhos azuis e brancos no mar. Na praia do centro de Asilah vale muito a pena dar uma volta em sua tranquila orla, mas se você quer ficar extasiado em praias de sonhos, faça uma visita à Praia do Paraíso, que oferece boas estruturas e está localizada a cerca de 8 km do centro de Asilah.

Descubra as maravilhas do Mediterrâneo

Esta seria apenas uma parada do cruzeiro que estamos te oferecendo. Se você está procurando férias inesquecíveis que combinem o visitação de cidades maravilhosas cheias de cultura e história antiga, o relaxamento de ficar nas praias encantadas do mediterrâneo e a diversão das noites e dias dentro de um navio romântico que nunca dorme, o cruzeiro Costa no Mediterrâneo foi feito para você. 

Agora só falta decidir  "quando". Sim, porque esses lugares oferecem atrações em todas as estações do ano. No verão, se quer se sentir em férias, no inverno, se quer mergulhar em uma sensação incomum, na primavera e outono se você ama admirar as belezas da natureza. Faça agora a sua reserva conosco.