A Sicília possui 1.000 quilômetros de costa: de San Vito Lo Capo a Escada dos Turcos, de Cafelù a Capo Passero, basta apontar o dedo aleatoriamente no mapa para encontrar uma das praias italianas. Como se isso não bastasse, a Sicília é cercada por algumas das ilhas mais bonitas da Itália, por sua vez, decoradas com baías e enseadas lendárias. Como não citar, por exemplo, a famosa Cala Rossa de Favignana?

É apenas uma das joias que brilham sob o sol de Egadi, um arquipélago que povoa os sonhos dos amantes da vela, da pratica de mergulho com snorkel e do mar com a "M" maiúscula à excepção, é claro, das Ilhas Eólias, com paisagens vulcânicas que não têm igual no mundo. Isso, sem descurar as ilhas menores, como a dos Coelhos, bem escondida sob a costa de Lampedusa: é um dos lugares mais bonitos da Sicília, no coração do Mediterrâneo. Você fica quase tonto diante de tanta riqueza: um tesouro espalhado por toda a Sicília que levaria meses para ser totalmente explorado, ou um cruzeiro, a solução perfeita para passear entre os arquipélagos e oásis mais fascinantes da ilha.

O saque, em termos de relaxamento, é suntuoso, independentemente da organização da viagem e do tamanho do itinerário. A Sicília reserva longas praias douradas, com vista para as esplêndidas ilhas que brilham no horizonte e baías rochosas, com pedras brilhantes nas quais a ressaca se rompe: entre as enseadas irregulares os peixinhos encontram abrigo para serem seguidos com a máscara de mergulho com snorkel para revelar as mais belas ravinas.

Você pode relaxar a um passo das reservas naturais imaculadas para serem descobertas a pé ou de bicicleta, alternando excursões naturalistas com um bronzeado com vista. Você pode ceder à chamada das praias mais movimentadas ou criar um pouco de privacidade em enseadas abrigadas, envoltas em tranquilidade. A um passo dos locais arqueológicos mais famosos da Sicília, ou longe de tudo. Para todos os desejos, há uma praia. Quanto aos destinos, é inevitável fazer uma escolha: para facilitar a tarefa, recomendamos as 14 praias mais bonitas da Sicília.

Praia de Marinello

A praia de Marinello faz parte de um contexto naturalista excepcional: a reserva com o mesmo nome, surge as pés de Tindari e consiste em uma área de lagoa com lagoas salobras que mudam de forma de acordo com os ventos e marés. No topo, está o promontório, verdejante e dominado pelo santuário ao qual estão ligadas várias lendas. A praia oferece uma longa costa arenosa que se estende por alguns quilômetros em direção a Milazzo. As Ilhas Eólias estão próximas: confortavelmente deitado na espreguiçadeira você pode acariciá-las com os olhos.

A água é transparente e morna, perfeita para relaxar enquanto admira a vista. Depois de tomar banho e se ter bronzeado você pode passear na reserva, mesmo de bicicleta, a maneira perfeita de se movimentar neste lugar encantado, entre Helichrysum em flor e falcões peregrinos. Como alternativa, estão disponíveis passeios de barco para apreciar a paisagem do mar. A vista sobe nas paredes do promontório, esculpida em várias cavernas. Há muitas razões para visitar Tindari, começando com a misteriosa Madona Negra preservada no santuário, esculpida em madeira de cedro em um período não especificado, sem descuidar os restos da cidade antiga: maravilhosos mosaicos representando figuras geométricas e figuras de animais e atletas, além de Trinacria, o símbolo da Sicília.

Praia de San Vito Lo Capo

Localizada na parte oeste da Reserva de Cigano, a praia de San Vito Lo Capo possui três quilômetros de beleza caribenha. A longa costa é coberta com um tapete de areia dourada e incorpora uma vista fabulosa: o Monte Mônaco domina o mar com seus 530 metros de altura, encantando o olhar mesmo ao pôr do sol quando está envolto em tons de rosa. A seus pés se encontra uma imensa piscina natural incrivelmente clara: o fundo do mar é baixo e desce suavemente e as águas calmas e livres de correntes. Quem prefere tomar sol nas rochas tem várias opções para escolher, como a magnífica Tonnara del Secco, localizada a uma curta distância.

Além de passear à beira-mar, os mais ativos podem desfrutar de esplêndidas excursões na área circundante. As mais encantadoras são aquelas que levam ao farol alto e ao cume do Monte Mônaco: o panorama é excepcional e quando o céu está mais claro é aprimorado pela vista da ilha de Ustica. A vila costeira de San Vito é toda para apreciar com a antiga fortaleza sarracena e mil tentações para o paladar: um gosto de cuscuz e uma taça de "quente frio", o típico sorvete local, não podem ser desperdiçados.

Praia de Caldura

Pequena e isolada, a praia de Caldura, também chamada Kalura, está localizada a uma curta distância de Cefalù e é, sem dúvida, uma das mais fascinantes da região. Para alcançá-la, você precisa encontrar o acesso (localizado próximo a um complexo turístico conhecido) e fazer um lance de escadas bastante fácil. Depois de descer os degraus, você se encontra em frente a uma esplêndida praia de calhau: a seus pés está uma fina faixa de areia banhada por um mar fantástico. Aqui e ali existem falésias rochosas que criam micro-zonas para o uso de banhistas: o espaço não é generoso mas o cenário, por outro lado, é muito apreciado. Os mais ousados podem usar as rochas como trampolim para o mergulho escolhendo cuidadosamente o melhor local para pular.

Equipando-se com espreguiçadeira e guarda-sol, a praia da Caldura é uma excelente alternativa à sempre lotada praia de Cefalù. Quem não encontra espaço para uma toalha pode encontrar o caminho para outras praias cativantes. Entre as mais confortáveis está Salinelle onde você pode aproveitar uma longa extensão de areia. Perto se encontra um dos pontos de referência da Sicília para os surfistas, localizado em frente à praia Lido: especialmente recomendado para os amantes do gênero, dadas as águas profundas que não são adequadas para crianças. Outra possibilidade é a área de Mazzaforno onde existem inúmeros acessos ao mar, com praias de areia ou cobertas de seixos.

Praia de Mondello

Mondello é a praia de Palermo por definição. Sua costa de areia fina se estende por um quilômetro e meio e faz parte de uma paisagem deslumbrante. Nos dois extremos, dominam o Monte Pellegrino (definido por Goethe como "o mais belo promontório do mundo") e o Monte Gallo, incluído nas reservas naturais homônimas. Esses gigantes de calcário guardam um mar de beleza tropical, cheio de ondas esculpidas pela luz e pela brisa.

Quando o vento sopra mais forte, a praia de Mondello se transforma em um paraíso do surf: de fato, é considerado um dos melhores pontos da Itália para cavalgar as ondas. A praia é também caracterizada pelo balneário em estilo Liberty, um símbolo do prestígio de Mondello, que se tornou um destino de férias de elite no final do século XIX. As vilas vizinhas são exemplos interessantes da arquitetura Art Nouveau, um elemento que contribui para o charme do resort à beira-mar. A praia inclui áreas livres e partes equipadas com cabines e guarda-sóis: além de curtir o bronzeado, é apropriado planejar um mergulho na Reserva de Capo Gallo, uma experiência espetacular.

Cala Rossa

Bastam apenas alguns minutos a pé para se encontrar em uma das praias mais bonitas de toda a Sicília: Cala Rossa, joia da ilha de Favignana, no arquipélago das Ilhas Egadi. O nome lembra a memória distante de uma batalha sangrenta que viu oporem-se Romanos e Cartagineses. Hoje, essas lembranças sombrias deixam espaço a uma experiência de relaxamento sem limites: um dia ao sol entre pedreiras de tufo e águas turquesas claras. A alternativa é chegar de barco e aproveitar esse cenário único do mar. Flutuar nas águas da baía é uma experiência emocionante: a partir desta posição privilegiada, você pode apreciar completamente a limpeza do fundo do mar e o encanto da paisagem.

O mergulho é obrigatório: com ou sem máscara, nadar em Cala Rosa é um sonho tornado realidade. Segundo outra interpretação, o nome da praia está relacionado à coloração das rochas da baía e aos sedimentos dispersos no mar. De qualquer forma, os contrastes são mágicos, assim como é encantadora a forma das rochas escavada pelos elementos e pela mão do homem. Quem não consegue encontrar espaço na praia pode sentar-se em rochas planas: um mirante ensolarado para apreciar a vista.

Ilha dos Coelhos

A Ilha dos Coelhos está localizada no meio do Mediterrâneo, entre as costas da Sicília e as da África. Faz parte do arquipélago das Ilhas Pelagie, também formado por Lampedusa, Linosa e Lampione, além da falésia de Sacramento. A ilhota é o símbolo da Reserva Natural Orientada de Lampedusa e está localizada a poucos metros de suas margens. As águas que as separam, com cores indescritíveis, são baixas e com transparências celestiais.

Uma caminhada nesta piscina natural é suficiente para chegar à pequena e completamente rochosa ilha dos Coelhos. A baía é considerada uma das mais belas do mundo e protegida por seu precioso ecossistema: além de hospedar a reprodução de tartarugas Caretta caretta, este canto do planeta abriga pássaros selvagens e espécies ameaçadas, como o lagarto Psammodromus algirus. Você entra na baía da Ilha dos Coelhos como em um templo, com a quantidade certa de respeito e, é claro, com a máscara de snorkel na mão para aproveitar o esplendor do fundo do mar.

Praia de Giardini Naxos

No sopé do Etna, e a poucos passos das ruínas da primeira colônia grega fundada na Sicília, se estende a praia de Giardini Naxos, cheia de praias equipadas e muito popular entre as famílias. O passeio à beira-mar oferece tudo o que você pode desejar: restaurantes de peixe, lojas, clubes e bares onde você pode saborear um bom coquetel e relaxar ao ritmo do DJ Set. Entre as praias mais bonitas da baía se destacam a de Schisò e, mais ao sul, a praia de Recanati.

Além de apreciar a dolce vita você pode admirar um panorama sedutor que respira o perfume da história: a uma curta distância fica o Teatro Antigo de Taormina e, ainda mais perto, o parque arqueológico de Naxos. Há muitas atrações na área circundante: é imperdoável perder as Gargantas de Alcântara, um desfiladeiro natural com muros altos formados por fluxos de magma.

Escada dos Turcos

Se bronzear na Escada dos Turcos é como se sentir parte de uma obra de arte assinada pela natureza. A praia é um dos trechos mais fascinantes da costa de Realmonte, na província de Agrigento, caracterizada por falésias brancas que parecem esculpidas com arte. De fato, a Escada dos Turcos pode parecer um cenário irreal para a particularidade de suas formas: uma falésia de branco puro, modelada na forma de uma escada natural.

A "escada" é formada por uma marga branca marcada por faixas paralelas. O nome deriva das lendárias incursões dos piratas sarracenos que, a partir daqui, teriam partido para saquear as aldeias vizinhas. Para conquistar um lugar ao sol você precisa subir a falésia: a vista é uma recompensa mais do que adequada para esta pequena empresa. Nos arredores existem muitas alternativas mais confortáveis, como a praia de Capo Rossello, para contemplar a Escada dos Turcos em completo relaxamento: uma visão resplandescente.

Praia de San Lorenzo

A poucos quilômetros de Noto, entre as capitais do barroco siciliano, se encontra a praia de San Lorenzo, parte do município de Marzamemi. Este trecho da costa do sudeste da Sicília é caracterizado por uma alternância de paisagens que casam com trechos rochosos (em correspondência com a Reserva de Vendicari) e praias arenosas. É o caso da praia de San Lorenzo, cujo fundo do mar afunda suavemente em um mar deslumbrante. A comodidade da paisagem é combinada com o conforto satisfazendo também as famílias e aqueles que não desistem das conveniências balneares.

Além da praia grátis, existem praias e bares de praia perfeitamente equipados com guarda-sóis e “palmeiras” de estilo tropical: quase parece estar no Caribe, enquanto o sol acaricia sua pele. Há também Wi-Fi gratuito e um restaurante onde você pode apreciar os sabores típicos da Sicília. Depois de ser mimado na praia, é hora de admirar as belezas culturais da região, a partir da vila costeira de Marzamemi, muito característica com a almadrava, o porto de pesca e o Palácio do Príncipe de Villadorata. A cidade de Noto não precisa de introdução: o cartão de visita é a marca da Unesco atribuída aos seus tesouros arquitetônicos. É também um local de encontro bem-vindo para VIPs que competem para roubar o cenário.

Praia de Calamosche

Ao norte da praia de San Lorenzo, há outra joia a descobrir: a praia de Calamosche, parte da reserva natural Oásis da Fauna de Vendicari. Um destino altamente contestado: seu charme seduz inevitavelmente turistas que, atraídos por sua aparência primitiva, não se deixam desencorajar pela caminhada necessária para chegar à praia. Vale a pena: a faixa de areia é cercada por dois promontórios baixos e encantadores de floresta de verde mediterrâneo, sem mencionar a transparência do mar, perfeita para mergulhar com snorkel.

Nadar de barriga para baixo e apreciar o bronzeado na areia dourada não é a única maneira de desfrutar da beleza da Reserva: uma excelente alternativa são as excursões naturalistas que permitem admirar a paisagem e seus habitantes de perto, talvez com a ajuda dos binóculos. Memoráveis são também as viagens de canoa pelo ilhéu de Vendicari para descobrir cavernas e enseadas deliciosas.

Capo Passero

No ponto mais ao sul da costa da Sicília fica Capo Passero que já foi um esconderijo de piratas. O farol, a almadrava e o castelo Tafuri caracterizam o panorama que abraça Portopalo, uma antiga vila costeira, e a ilhota de Capo Passero localizada a poucos metros de distância.

Neste cenário magnífico, existem pequenas praias de areia, como a âmbar que abraça a ilha. Rodeada por um mar sensacional, também pode ser alcançada de canoa ou aproveitando os barcos dos pescadores que se deslocam. Nesse pequeno oásis fica o Forte, construído no final do século XVI em um platô de calcário para enfrentar ataques de piratas. Ainda hoje, a partir do seu terraço, você pode admirar uma vista deslumbrante. Ainda mais ao sul está a Ilha das Correntes e a praia dourada que leva seu nome. Se você quiser, pode contemplar a ilhota confortavelmente estendido sobre um dossel, a poucos metros do bistrô, onde você pode saborear um coquetel ao pôr do sol sem se cansar da paisagem. A praia vizinha das Formigas e a praia Playa Carratois também são muito populares.

Praia de San Gregorio

San Gregorio é a baía mais bonita de Capo d'Orlando, uma vila de pescadores histórica que inspirou a famosa música "Sapore di Sale" de Gino Paoli: a trilha sonora perfeita para relaxar na costa nordeste da Sicília. A poucos metros da vila, e facilmente acessível a partir da estrada, a praia é coberta por pequenas pedras que afundam pouco a pouco no mar de águas cristalinas. No horizonte, você pode ver as Ilhas Eólias e, em particular, as ilhas de Alicudi e Filicudi, sonhando com um passeio de barco entre as belezas do arquipélago. Enquanto isso, você pode admirar o maravilhoso pôr do sol e passear pelo porto entre deliciosas granitas e degustações de peixe.

Baía de Guidaloca

Localizada entre Castellammare del Golfo e a Reserva Natural de Cigano, a praia de Guidaloca é também chamada Vitaloca: esse é, de fato, o nome original da baía devido à presença da corrente homônima. A praia é arqueada por centenas de metros e é coberta de seixos com áreas livres e áreas com guarda-sóis. Para tornar o contexto fascinante, há uma torre de vigia sarracena e o contorno de rochas verdes encobertas: agaves, palmeiras e arbustos se entrelaçam harmoniosamente criando um cenário mediterrâneo perfeito.

A melhor maneira de a apreciar é subir a escada que leva a um extremo da praia: a foto é obrigatória. A praia de Guidaloca oferece várias conveniências: além da possibilidade de alugar a espreguiçadeira (assim como um jet ski), não faltam locais onde você pode fazer um lanche rápido ou, se desejar, um almoço completo com peixe. Afastando-se da costa, o mar se torna profundo rapidamente: no entanto, para passear pelos arredores sempre há o pedalinho. Os amantes do mergulho com snorkel podem explorar as rochas à beira da praia e se divertir explorando as ravinas escondidas.

Praia de Eloro

Bordada por pequenas dunas de areia, a praia de Eloro está localizada à beira do Oásis de Vendicari, às portas de Noto. Esta parte da costa possui trechos imaculados de grande valor naturalista: na praia de Eloro ocorrem, periodicamente, a eclosão de ovos de Caretta caretta, depositados por tartarugas na areia. Esse espetáculo da natureza (que merece ser protegido, garantindo a quantidade certa de tranquilidade para as tartarugas) atesta a importância naturalista da Reserva. Como deveria ser, a praia é desprovida de serviços, uma opção que permite manter sua aparência autêntica e não danificar muito seus habitats. O que se perde em conforto se ganha em charme: o quadro é selvagem e a beleza do mar intensa: chamá-lo de claro como cristal seria um eufemismo. As cores do cenário desvanecem de modo encantador de azul para verde, como uma gema salpicada que brilha à luz do sol.

Parta para a Sicília com a Costa Cruzeiros

As praias da Sicília despertam uma sensação de beleza antiga: será pelos mitos que ecoam nesta parte do Mediterrâneo, será pela natureza que revela seus segredos. A magia do fundo do mar, o encanto das paisagens do Sul e o charme das ruínas criam uma mistura que quase surpreende: a Sicília não se esquece facilmente.

Adicione a isso o apelo tentador da gastronomia da ilha e o feitiço está completo: nunca se quereria regressar. Um cruzeiro da Costa Cruzeiros é a maneira perfeita de experimentar esta aventura: praia após praia, pôr do sol após pôr do sol.

Viaje com a Costa Cruzeiros