Chamada de "Rainha do Caribe Brasileiro”: Maceió é a capital do estado de Alagoas, no nordeste do Brasil, uma cidade famosa por sua praias de cartão postal, pelo mar imperdível e clima quente durante todo o ano. É um dos destinos turísticos mais bonitos e procurados do Brasil, um pequeno paraíso para quem procura férias cheias de tranquilidade, diversão e sol.

A costa de Maceió possui quarenta quilômetros de praias. O mar é transparente, de um verde intensoa areia é branca, fina e brilhante. Há grandes áreas verdes cobertas de palmeiras e culturas de cana-de-açúcar. O que a torna ainda mais maravilhosa é a presença, em frente às praias, de um longo recife de corais, segundo do mundo em extensão. Descubra conosco as dez praias que você absolutamente não pode perder e todas as oportunidades para os entusiastas de esportes aquáticos ou para quem prefere um dia de descanso.

Praia do Gunga

Água cristalina, areia quente iluminada pelo sol e emoldurada por Coqueiros: esse é o cartão de visita da Praia do Gunga, que entrou para o ranking das 10 praias mais bonitas de todo o Brasil. Um aquário natural que pode acrescentar à sua beleza também os penhascos coloridos. Então, quando a laguna (Lagoa do Roteiro) encontra o mar, o show é certo: além de cores mágicas que vão do verde ao azul, vegetação exuberante, há a formação de piscinas naturais quentes. Você também pode subir nos barcos típicoschamados "jangadas" e contemplar o recife a partir daqui. Mas ainda não acabou: na praia você pode se sentar nas mesas dos quiosques para se deliciar com uma água de coco ou sucos naturais e os deliciosos pratos de lagostas, camarão, polvo, peixe e ostras. A praia está localizada a cerca de 40 quilômetros de Maceió. Com pequenos barcos ou escunas você pode chegar ao ponto do Mirante Alto de Santana, onde terá uma vista magnífica e uma perspectiva espetacular de uma das maiores plantações de coco de toda a América Latina. Você será tocado pela paisagem incrível feita de águas, praias, vegetação que se misturam e se iluminam nas cores características dessas áreas tropicais.

Até o século XIX, essa região era habitada por uma tribo indígena, os Caeti. Aqui eles se estabeleceram e encontraram uma riqueza única e um local estratégico, de onde podiam aproveitar o mar, o rio São Miguel e a Lagoa do Roteiro. Todas essas condições permitiram que eles tivessem terras agrícolas muito ricas, que lhes deram a possibilidade de se sustentar, inclusive com a pesca. Um dos episódios históricos mais notáveis ocorreu no início do século XVI, quando a tribo dos povos indígenas locais, que eram famosos canibais, devorou o bispo Dom Pedro Fernandez Sardinha, que veio de Portugal para catequizar toda a região.

Também lê:

Praia de Barra de São Miguel

É a praia central da vila de Barra de São Miguel, perto de Maceió, e é frequentada principalmente por moradores e também por vários pescadores. Perto da praia há acomodações imponentes e infra-estrutura de alto nível. A área está sendo invadida principalmente por surfistas que caçam as suas ondas elevadas. Na maré baixa, no entanto, formam-se piscinas naturais, ideais para um banho relaxante e rejuvenescedor. A praia é conhecida pelo mergulho. Não deixe de visitar a área da Ilha de Croa. É a atração mais popular da Barra. Há belas praias com piscinas naturais, bares rústicos onde são servidos pratos de frutos do mar. Localizada no lado esquerdo do rio Rio Santo Antônio, você pode chegar lá de balsa. Outra joia da região é a praia do Carro Quebrado. Selvagem, a areia branca é cercada por áreas cheias de coqueiros e caracterizada por ondas fortes, muito apreciadas pelos surfistas. No sul, falésias de cores diferentes representam uma atração muito especial e evocativa que atrai muitos turistas.

 

Barra de São Miguel é um município localizado em uma área tranquila, onde estão localizadas outras praias: Atalaia, Niquim, Praia BonitaPraia do Meio, Porto de Vaca, Barra-Mar e Saquarema: uma sucessão de maravilhas que encantam os turistas pela vista que oferecem.  A cidade também é conhecida por sua forte vocação esportiva: são organizados aqui torneios e campeonatos de diferentes modalidades: pesca, competições de motos ou jipes, sem esquecer do surf ou de mountain bike. Entre os destaques há também várias exposições ou eventos que animam a cidade: o Carnaval, o Festival de Música e também alguns festivais religiosos que envolvem toda a cidade, por ocasião do dia da Santa padroeira da cidade, Nossa Senhora de Santana, que é comemorado no mês de julho. 

Praia de Paripueira

A praia de Pajuçara é uma das mais populares entre os turistas, atraídos pelas 25 piscinas naturais nas quais se pode chegar com as típicas jangadas, que são os barcos de pesca tradicionais. Uma maneira de relaxar e nadar entre inúmeros peixes coloridos. O cenário é paradisíaco, inclusive porque é possível andar por muitos metros nas águas rasas e convidativas, com todas suas cores brilhantes. Essa praia pertence à famosa Costa de Corais, conhecida por ter uma dos maiores concentrações de recifes de coral de todo o Atlântico Sul. A Praia de Paripueira também abriga o Parque Marinho de Conservação do Peixe-Boi, uma espécie em extinção. Banhos de sol, esportes ao ar livre ou aquáticos, brincar com crianças e relaxar nas águas calmas são definitivamente uma obrigação para turistas e moradores locais. A área está cheia de quiosques, restaurantes e pousadas que irão lhe mostrar os pratos típicos locais. 

Praia do Francês

Uma pequena beleza muito popular que sabe surpreender. Um cenário ideal para caminhar e relaxar: essa é a Praia do Francês, localizada na costa sul de Alagoas, a cerca de 30 quilômetros de Maceió. Água límpida, areia fina, coqueiros e recife de corais: uma série de tesouros que podem ser descobertos com a ajuda de pequenos barcos. Uma oportunidade única para a prática de Snorkel com pés-de-pato e máscaras em verdadeiras piscinas naturais, ricas em vida marinha. A praia é protegida por uma espécie de barreira natural rochosa que torna o mar extremamente calmo e adequado para banhos. Onde termina a barreira, iniciam as ondas, que junto com o vento constante atraem muitos surfistas.  Também pratica-se pescas e mergulho. Não faltam bares ou amenidades nessa praia. Os bares à beira-mar se encontram em toda a parte norte, enquanto a Avenida Dos Corais e a Rua da Algas correm paralelo à praia e oferecem uma imensidade de lojas e restaurantes.  Diz a lenda que a praia serviu como um porto para navios piratas franceses. A Praia do Francês está localizada no município de Marechal Deodoro, antiga capital do estado de Alagoas, que reúne um conjunto colonial de igrejas, moradias e casas coloridas, que remontam ao século XVII. Em 2006, a cidade, graças à sua história e belezas arquitetônicas, foi tombada como patrimônio histórico nacional.

Praia de Pajuçara

Uma das praias mais populares da costa de Maceió é Pajuaçara, cuja principal atração é o passeio de bote para as piscinas naturais que se forma na maré baixa, entre os bancos de areia e os penhascos, a 2 km da costa. A travessia leva uma média de 15 minutos e as piscinas são tão rasas que você verá diferentes espécies de peixes a olho nu. A área é conhecida por sua bela feira de artesanato, onde você vai encontrar todos os tipos de lembranças pitorescas. Ao visitar esse lado folclórico local, você poderá encontrar ideias realmente originais para presentes, ao alcance de todos os orçamentos.

 

A praia oferece quiosques e restaurantes onde fazer uma parada. Maceió é uma cidade onde a culinária à base de peixe é uma tradição. Entre as especialidades gastronômicas de Pajuçaara, o destaque é o sururu de capote, um prato com marisco cozido em leite de coco, tomate, salsa, pimenta, coentro e outras especiarias. Para os mais desportivos, há também a possibilidade de pedalar pela ciclovia ou correr. Outra praia urbana bastante interessante é Cruz das Almas, uma praia urbana com quiosques, restaurantes e hotéis. A área, no passado, era um cemitério indígena, e está cheia de misticismo, fortalecida pela força de suas ondas. Durante o dia é um paraíso para surfistas; em noites de lua cheia, é o cenário ideal para os amantes que celebram, mesmo sem saber, a lenda do casal de índios, que por serem de tribos rivais, foram sacrificados.

Praia de Ipioca

A Praia de Ipioca está localizada a apenas 20 quilômetros de Maceió e é caracterizada pela água cristalina que vai do verde ao azul, areia branca e uma extensão de coqueiros. Essa praia também é famosa por suas piscinas naturais que ficam a 3 quilômetros da costa e nas quais você pode chegar de botes e barcos tradicionais. Para uma vista de cima memorável, você pode escolher o mirante Alto de Ipioca, quem sabe sentando-se confortavelmente em um dos muitos restaurantes. Ipioca é uma típica vila de pescadores com barcos e jangadas, além de uma igreja centenária no centro. No topo da aldeia há um mirante que oferece uma vista fantástica da praia. Foi aqui que nasceu Marechal Floriano Peixoto, o segundo presidente da República do Brasil. Na estrada que leva à praia de Ipioca, os locais que vendem mangas, abacaxis, ameixas, langotins e peixe fresco são uma parada obrigatória não só para os turistas.

Praia do Toque

Localizada na localidade de São Miguel dos Milagres, a Praia do Toque é realmente um ambiente especial na maré baixa, perfeita para nadar ou para um mergulho que permitirá que você descubra os corais e aprecie a vida selvagem marinha. As águas cristalinas e as formações de corais a poucos metros da praia criam um espetáculo original.  A uma curta distância, muitas vezes, atracam barcos coloridos de pescadores que são usados para transportar turistas para as piscinas naturais. Elas ficam localizadas ao lado do recife. No caminho, você também poderá se deparar com algumas surpresas.

 

Entre a costa e o recife propriamente dito, há vestígios de corais que atraem diversas espécies coloridas de peixes. Uma das principais atrações desse lugar são as "sereias" ou peixes-boi, comumente chamados de Manatins. Essa espécie rara realmente vive em uma área a 7 km de São Miguel, em uma área protegida. Alguns espécimes são deixados livres e às vezes aparecem ao longo da costa.

 

São Miguel dos Milagres fica a 100 km de Maceió, na Costa de Corais (entre a cidade e Recife) e é composta por vilas muito pitorescas. É uma das cidades mais antigas do estado de Alagoas. A pequena cidade é um destino perfeito para quem quer escapar do caos urbano e desfrutar de dias de tranquilidade em pousadas ou hotéis pitorescos, imersos em um cenário onde a natureza é a protagonista. Em São Miguel dos Milagres, ao lado das praias selvagens, há lugares que misturam rusticidade e sofisticação, dando origem a esconderijos especiais.

Dunas de Marapé

A 65 quilómetros de Maceió, ficam as dunas de Marapé, um oásis naturalista que deve a sua beleza ao encontro entre o mar e o rio. É uma sucessão de cores que variam do verde ao azul e misturam-se nas dunas, penhascos e na natureza exuberante. Há quem prefira tomar um barco para ir mais adiante nessa maravilha, outros que preferem andar a cavalo para enfrentar os trechos de areia fina, ou outros que simplesmente andam e se perdem na distância. No topo das falésias, dizem que a areia é colorida. A Floresta de manguezais que circunda toda a área é um importante viveiro natural para numerosas espécies de peixes, crustáceos e mariscos. Para os amantes da natureza e de paisagens intocadas, uma curta distância os separa da trilha chamada Caetés e do Circuito Pau de Arara: ambos são uma ótima alternativa para quem busca contato direto com a natureza, paisagens marcantes e diversidade de vegetação.  Os visitantes também desfrutarão de um ambiente tranquilo e pacífico, excelente especialmente para quem quer se divertir com a família e com os amigos. Ao longo do caminho, você pode admirar o cenário bucólico que domina essa parte de Alagoas, com vista para a lagoa de um lado e para as casas de pescadores do outro. Você verá ver suas ferramentas de trabalho, especialmente para a pesca da carapeba, um peixe típico da região.

Ponta Verde

Ponta Verde, em Maceió, é um pedaço de terra que emerge do mar, coberto pelo verde dos Coqueiros. É o lugar perfeito para aqueles que gostam de praticar snorkel ou mergulho. A área está cheia de quiosques com música ao vivo, restaurantes, hotéis e bares de sanduíches. Considerada uma das melhores praias urbanas, aqui a água é limpa e muito tranquila. Ao longo da costa há uma bela passarela cheia de quiosques onde você pode saborear pratos à base de frutos do mar. Há também um farol, que se tornou um símbolo da cidade e está entre os pontos turísticos mais fotografados pelos turistas. Com 11 metros de altura, ele deslumbra com sua beleza simples e icônica.

 

Há uma curiosidade sobre o antigo nome desta praia. No passado, chamava-se Praia das Acanhadas, porque segundo a lenda era procurada por jovens tímidos que queriam tomar banho sem serem vistos, podendo usar até mesmo as enormes árvores para se esconder. Hoje, Ponta Verde é um dos bairros modernos mais movimentados e melhores de Maceió, com os melhores restaurantes e hotéis da costa de Alagoas, bem como os edifícios mais luxuosos. Anteriormente a praia poderia se vangloriar de ter o símbolo mais famoso da cidade, o "Gogó da Ema", um coqueiro cujo tronco se assemelhava ao pescoço de uma ema, um pássaro semelhante a um avestruz.

Praia da Barra de Camaragibe

Conhecida pelas águas cristalinas, areias finas e recifes de coral, a praia da Barra de Camaragibe é o cenário das mais belas piscinas naturais da região: aqui você pode curtir momentos mágicos, imerso nas cores mais variadas. A praia é muito tranquila, tem uma costa encantadora que oferece vistas inesquecíveis. O clima ameno e ensolarado durante todo o ano faz dela um destino ainda mais atraente, e é por isso que a praia é frequentada tanto por jovens quanto por famílias numerosas. A faixa de areia larga, tranquila e macia é perfeita para caminhadas longas, o mar calmo e brilhante é ideal para um banho agradável, especialmente na maré baixa. A presença de suntuosos coqueiros dá um toque de sofisticação e permite que você tenha cantos para descansar e aproveitar um momento de paz. O trecho do litoral que vai de Barra do Camaragibe, em Porto de Pedras, até a chamada Rota Ecológica é um verdadeiro paraíso. A partir daqui, você também pode visitar a Praia de Tatuamunha, onde você pode ver os peixes-boi que circulam por toda a região. As praias da região são famosas pelas viagens de bote para as piscinas naturais: Quando a maré está baixa, as piscinas se formam a 1 km da costa. 

Viaje para Maceió com a Costa Cruzeiros

Maceió é uma cidade moderna que surge ao longo de um trecho do litoral verdadeiramente esplêndido. Nos últimos anos, foi redescoberta pelos brasileiros como um destino de férias e tem testemunhado um verdadeiro boom no turismo doméstico. A cidade oferece um cenário pequeno, mas variado de bares, clubes e restaurantes. Ativou um eficiente sistema de compartilhamento de bicicletas e é cheia ruas agradáveis e tranquilas que, aos domingos, ficam fechadas para o trânsito para abrir espaço para festas de rua. Representa o ponto de acesso a trechos de litoral que se estendem ao sul e ao norte, um afresco de extraordinária beleza. Igualmente lindas são as praias da cidade, onde as águas com intensos reflexos esmeralda beijam as areias macias, que são o berço de belas palmeiras e ponto de descanso para as jangadas, as embarcações triangulares tradicionais pintadas com cores brilhantes. Construídas com madeira típica da região, os barcos não têm nenhum elemento de metal, nem mesmo pregos: os troncos dos quais são feitas são mantidos juntos por cordas e o eixo ligeiramente curvo suporta uma simples vela triangular. Embora não seja confirmado, de acordo com a maioria dos historiadores, as origens desses barcos remontam à Índia e ao Moçambique.

 

Tudo o que resta é mergulhar no esplendor e escolher tirar férias relaxantes, com ritmos lentos e em contato com a natureza.

Viaje com a Costa Cruzeiros