Existem dois grupos principais de ilhas na Espanha: as Ilhas Baleares e as Canárias. Ambos são sinônimos de beleza natural, diversão e relaxamento, mas diferem na posição geográfica. As Baleares são 11 ilhas no Mediterrâneo, enquanto as Canárias são sete e emergem do Oceano Atlântico.

 

Deixe a Costa Cruzeiros guiar você através da descoberta das 14 ilhas mais bonitas da Espanha.

  • Majorca (Baleares)
  • Minorca (Baleares)
  • Ibiza (Baleares)
  • Formentera (Baleares)
  • Cabrera Island (Baleares)
  • Tenerife (Canárias)
  • Gran Canaria (Canárias)
  • Lanzarote (Canárias)
  • Fuerteventura (Canárias)
  • Las Palmas (Canárias)
  • La Gomera (Canárias)
  • El Hierro (Canárias)
  • Ons Island (Parque Nacional das Ilhas Atlânticas)
  • Cortegada Island (Parque Nacional das Ilhas Atlânticas)

Majorca

500 km de praias virgens, história e cultura: Maiorca é o destino perfeito para desfrutar de um momento de diversão e relaxamento. Também conhecida como Sa Roqueta pelos maiorquinos e Baleares Maior pelos Romanos Antigos, esta ilha é a maior e mais diversificada das Baleares, e há sempre algo para fazer.

 

Vamos começar com Palma de Maiorca, a capital que combina beleza, cultura, história e, sem dúvida, vida noturna. O centro de Palma é um labirinto de ruas estreitas, perdidas entre as paredes de edifícios antigos. Não deixe de visitar a Catedral, um exemplo maravilhoso da arquitetura gótica mediterrânea, na qual você encontra a Puerta del Mirador, a capela de Trinidad e o Museu Gótico. Na Baía de Palma fica o Castelo de Beliver, construído por Jaume II no século XIV, que tem um majestoso pátio central rodeado por quatro torres cilíndricas.

 

Não perca as Cavernas de La Cuevas, fendas por toda a ilha que podem ser visitadas em locais específicos, e dê uma olhada no Coves del Drach, y dels Hams em Manacor, uma vista realmente incrível.

 

É necessário fazer uma seleção importante entre as praias mais bonitas de Maiorca. Sobretudo porque são quase todas lindas e são mais de 300! Para você, escolhemos a praia de Coll Baix, na costa norte da ilha de Maiorca. Mesmo sendo de difícil acesso, ela oferece um canto não contaminado da natureza, onde você pode encontrar o paraíso na areia! Cala Varques, Cala Mondrago, Es Trenc, Es Pregons Grans, Playa del Palma e Cala Estellencs também são lindas!

Minorca

Uma ilha de grande beleza e mil surpresas. Segunda em tamanho das Ilhas Baleares, Minorca fica a apenas algumas horas de balsa de Maiorca, e tem uma rica e recortada costa cheia de enseadas, onde o banho de mar é mágico.

 

Também conhecida como Ilha do Vento, experimentou ao longo dos séculos o domínio de vários povos, incluindo romanos, gregos, cartagineses, árabes e ingleses: cada um deles deixou uma marca indelével na cultura da ilha.

 

Minorca, assim como muitas outras pérolas do Mediterrâneo, foi declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO, graças às suas paisagens não contaminadas que a torna uma das ilhas mais verdes e espetaculares. Ao chegar a Minorca, comece com Mahon e Ciutadella, a antiga capital localizada ao norte da ilha.

 

O símbolo da cidade é um cavalo de bronze de 8 metros. Também vale a pena ver a Plaza des Born, a Catedral de Menorca e, claro, o Museu Municipal de Ciutadella. O mercado de peixe na Plaça de la Libertat também é espetacular.

 

Depois de uma caminhada no centro, recomendamos fazer uma viagem a uma das cavernas mais belas e conhecidas de Minorca: Lithica Pedreres de s'Hostal, caracterizada por um labirinto central resultante da  extração de pedras de égua, um tufo particular da ilha.

 

O farol mais bonito da cidade é o de Cap de Cavalleria, e o mais antigo está localizado na ponta de um alto penhasco ao norte da ilha. No térreo, há um pequeno museu ecológico que recolhe informações valiosas sobre a natureza do local e sobre a formação de sua estrutura.

 

Com seus 200 km de costa, praias e enseadas, é difícil não passar tardes inesquecíveis sob um guarda-sol na praia. Entre as praias mais famosas, encontramos Cala Algariens, Cala Morell, Cala Macarella, Cala Turqueta e Playa Son Saura.

Ibiza

 

Entre as ilhas mais visitadas das Ilhas Baleares, certamente você encontrará Ibiza, um destino dos sonhos para todos os turistas que amam a vida noturna e, ao mesmo tempo, querem mergulhar nas águas cristalinas das praias de areia feitas de maravilhas naturais únicas.

 

Quem visita Ibiza deve passar algum tempo explorando Eivissa, a capital da ilha, caminhando ao longo do calçadão La Marina. Além de bares e lojas, você encontrará barcos de pesca típicos que abastecem os mercados locais.

 

A parte mais alta da cidade, Dat Vila, está situada sob um afloramento rochoso com vista para o mar onde, no topo, fica a catedral de Santa Maria de les Neus. Também vale a pena visitar o museu arqueológico: um mergulho nos antigos fenícios, cartagineses e sarracenos.

 

Depois da capital, vamos fazer uma parada no Les Salines, um parque naturalista com praias encantadas localizadas no extremo sul da ilha. A área é uma reserva natural e um habitat perfeito para aves migratórias. Em seguida continuaremos em direção ao promontório de Sa Trinxa, onde fica a Torre de ses Portes, protegendo a preciosa salina da ilha.

 

Ao visitar Ibiza, você deve parar em Cala d'Hort, uma praia pitoresca com vista para a misteriosa ilha de Es Vedrà, que ao longo dos séculos se tornou a inspiração de histórias lendárias e, de pano de fundo da Odisséia, passou a ser um local de recentes observações de UFOs.

 

As praias que você não pode deixar de conhecer incluem Las Salinas, Cala d'Hort, Agua Blanca, Talamanca e Platja den Bossa, além de, claro, Cala Conta e Cala de Benirràs.

Formentera

Entre as ilhas mais bonitas das Baleares está Formentera, onde as praias lembram as do Caribe, com areia fina e água cristalina que avançam pelo horizonte. Além de o mar ser a principal atração da ilha, há muitas outras coisas a fazer para ter férias inesquecíveis.

 

Entre as atrações de Formentera, lembramos-nos da praia de Ses Illetes, conhecida como praia de pequenas ilhas, também considerada a mais bonita. Entre as outras praias inesquecíveis da ilha, certamente nos lembramos de Es Arenals, Calò des Morts, Cala Saona, Cala Savina, Platja de Migjorn e Platja de Llevant. Entre as menos frequentadas, recomendamos El Tiburon, Playa Tanga e Ses Platgetes.

Cabrera

Cabrera faz parte das Ilhas Baleares e também é a principal ilha do arquipélago homônimo, localizada perto de Maiorca. Este lugar é uma área militar que esteve blindada por muito tempo, mas está aberta ao turismo há vários anos, tornando-se um parque terrestre marítimo nacional do arquipélago de Cabrera.

 

A história desta ilha é fascinante e complexa: ela já hospedou cartagineses, fenícios, romanos, bizantinos, piratas e muitas revoltas históricas. Depois de se tornar uma área militar, a pressão do Greenpeace em 1991 e as demandas do governo das Baleares devolveram esta pérola ao mundo.

Tenerife

Paisagens deslumbrantes, praias encantadoras e falésias com vista para o mar. Estamos falando de Tenerife, um dos destinos dos sonhos para se visitar pelo menos uma vez na vida.

 

Ideal para relaxar na praia e também um destino perfeito para fazer caminhadas na natureza intocada. Como o resto das Canárias, a ilha é de origem vulcânica e está localizada ao norte do Trópico de Câncer.

 

Esta ilha montanhosa não é apenas mar, e sim uma coleção de aldeias costeiras, piscinas e terraços ao Sul e, claro, a inesquecível Santa Cruz de Tenerife. Entre os locais que não se pode deixar de conhecer nesta ilha encantada, mencionamos Icod de Los Vinos, localizado na costa norte e famoso por suas plantações de banana.

 

Bajamar também é espetacular, onde as piscinas naturais (cuja troca de água ocorre através do oceano) oferecem diversão para jovens e adultos. Em Guimar, você pode encontrar pirâmides misteriosas que, até o momento, não se têm uma explicação histórica válida e são atribuídas a um possível comércio entre as Canárias e a América Latina.

 

Se estiver visitando Tenerife, faça uma parada em La Orotava, famosa por seus vinhos e por estar dentro do Parque Nacional Teide, uma área protegida que cobre a parte alta da ilha. O parque possui mais de 50 espécies endêmicas de plantas e paisagens vulcânicas únicas: Alto de Gujara, Lano Ucanca, Roques de Garcia e Pico Viejo.

 

Playa Fanabe, La Tejita, Playa Bollullo, Playa el Duque, Playa de las Teresitas são as praias de Tenerife que você não pode deixar de conhecer. As piscinas naturais permitem que você desfrute de um banho em água calma e morna, mesmo quando o oceano não permite. Além das de Los Gigantes, há também as piscinas de Charco Azul, Montaña Amarilla, as piscinas de De Bajamar, a piscina natural de Jóver, Lago Martianez, Charco del Viento e as piscinas naturais de Gerachico e Punta del Hidalgo.

Gran Canaria

Elas são consideradas como um continente em miniatura e não isso não é exagero: a Gran Canaria possui uma variedade climática e de paisagem que rivaliza com territórios muito mais extensos e oferece aos turistas um cenário fora do comum.

 

Ela é a segunda ilha mais populosa das Ilhas Canárias, depois de Tenerife, e, assim como as outras ilhas do arquipélago, é de origem vulcânica. No centro da ilha, é possível ver a caldeira de um antigo vulcão.

 

Gran Canaria é o lugar perfeito para caminhadas entre os cultivos de banana e abacate, pelas praias e para a contemplação de belas paisagens. Aprecie pelo menos uma vez a vista do Teide, da Cruz de Tejeda, um dos mirantes fascinantes da Espanha.

 

A vista do vulcão de Tenerife é tão bonita que você ficará sem fôlego. Por falar em fôlego, os amantes de caminhadas podem visitar Roque Nublo, um dos destinos de peregrinação mais procurados das Canárias e sede de uma importante procissão religiosa. Há também uma rota para caminhadas de dificuldade média, que dura entre 2-3 horas entre as rochas vermelhas ardentes.

 

Gran Canaria é famosa por ser atravessada por estradas antigas, conhecidas como caminos reales, para se explorar a pé, como se fossem trilhas típicas. Os amantes da história descobrirão a verdadeira beleza da ilha em La Vegueta, o antigo bairro de Las Palmas de Gran Canaria. Aqui, você pode fazer um passeio à Catedral de Teror. Não deixe de visitar Aguimes com sua Catedral de Arucas.

 

Entre as mais belas praias das Ilhas Canárias, incluímos a Playa Guigui, que pode ser alcançada em cerca de 3 horas de caminhada. Se você preferir conforto, deve ir à Playa del Inglés, que se estende por quase três quilômetros de Maspalomas – na qual recomendamos visitar o farol até San Agustín. Uma parada obrigatória? Sugerimos a praia Montana de Arena.

Lanzarote

Paisagens vulcânicas, terras vermelhas e negras, desertos, rochas afiadas e parques naturais: esta é a paisagem que espera o turista que chega a Lanzarote, uma das ilhas mais selvagens das Canárias.

 

Como parte da Reserva de Biosfera da UNESCO, esta bela ilha é um concentrado de belezas naturais para se descobrir uma a uma. Localizado ao lado de Fuerteventura, Lanzarote é famosa pela paisagem vulcânica do Parque Nacional Timanfaya, um paraíso vulcânico quase extraterrestre.

 

Lanzarote é um destino para quem gosta de caminhar e surfar. Mesmo quem está procurando uma praia tranquila e selvagem para plantar um guarda-sol encontrará alguns lugares agradáveis ​​que lhe proporcionarão memórias inesquecíveis.

 

Quem vai a Lanzarote precisa ver o Jameo del Agua, um vasto túnel subterrâneo criado pela erupção do vulcão Monte Corona. Cesar Manrique destacou a beleza de Lanzarote com uma série de obras de arte que se misturam perfeitamente com a natureza do lugar como, por exemplo, Mirador del Rio, um dos mais belos mirantes da ilha. O mesmo artista também recebeu um museu, localizado em um maravilhoso jardim de palmeiras e que pode ser visitado mediante o pagamento de um ingresso.

 

O Parque Nacional Timanfaya é uma das localidades mais importantes de Lanzarote e, em geral, das Ilhas Canárias. Ele conta com uma vasta área vulcânica formada num passado recente, onde é possível assistir ao espetáculo da natureza através de gêiseres e outras maravilhas naturais.

 

Não perca as praias de Fumara, Las Conchas, Carcho de Palo, Playa Papagayo e Caleta del Mero.

Fuerteventura

Árida e desolada, Fuerteventura é uma das ilhas mais bonitas das Canárias. Um destino ideal para os amantes do mar, da pesca e do surfe, e o lugar perfeito para se bronzear e saborear frutos do mar nos restaurantes mais exclusivos.

 

Em Fuerteventura não há monumentos e, no geral, existem algumas aldeias para se visitar, mas você pode encontrar Betancuria e Lajares. Playas de Jandia está entre as praias mais sugestivas do local, com sua areia fina e água clara. Mergulhe nas águas da Plata de Cofete e da Concha, como El Cotillo, para apreciar águas tranquilas e paisagens encantadoras.

La Palma

La Palma é a ilha dos vulcões que parecem vir de outro mundo, entre mil quilômetros de florestas e pequenos caminhos para se perder. La Palma é o destino ideal para quem gosta de observar o céu que, graças à baixa poluição luminosa da ilha, se torna muito atrativo.

 

Um lugar que todos devem conhecer é Santa Cruz de La Palma, o centro da vida na ilha, de onde começam várias caminhadas. Experimente também o Mirante de La Cumbrecita, uma varanda natural na Caldeira de Taburiente. La Palma também é o lugar perfeito para a observação de baleias.

La Gomera

Selvagem e primitiva, La Gomera é uma das Ilhas Canárias mais sugestivas. Aqui, o apito gomeran ainda está em uso, que é uma linguagem feita exclusivamente com apitos, que foi elaborada pelos pastores para se comunicarem a quilômetros de distância.

 

A natureza luxuriante do lugar destaca uma paisagem imersa no azul, onde o tempo parece ter parado há cem anos. Faça um passeio por San Sebastian de la Gomera, a cidade que fica em uma rocha vulcânica, e você vai entender do que estamos falando. Agulo, Los Organos e o Parque Nacional Garajonay também devem ser visitados.

El Hierro

El Hierro é o lugar perfeito para se chegar às Canárias, evitando o beau monde de Fuerteventura e os excessos de Ibiza. Aqui, o turista chega a uma ilha completamente diferente das outras, onde uma simples estadia é uma experiência mística e isolada, longe da vida noturna. El Hierro é acessível somente por dois lugares: pelo pequeno aeroporto e pelo Puerto de la Estaca.

 

No pequeno grupo de casas em La Caleta, é possível encontrar refúgio e iniciar uma série de passeios de tirar o fôlego. A capital é Valverde, uma cidade de mil pessoas que ficará no seu coração.

Ilha de Ons

Ons está localizada no pequeno arquipélago da Galiza e, juntamente com outros pequenos arquipélagos espanhóis, forma o Parque Nacional das Ilhas Atlânticas da Galiza. Este é o lugar ideal para mergulhar na natureza e observar pássaros.

Ilha de Cortegada

A ilha de Cortegada está localizada na província de Potevedra e faz parte do parque nacional das ilhas atlânticas da Galicia. Durante muitos anos, foi propriedade privada. Em 2007, finalmente se tornou área pública, abertas ao turismo de massa e acessíveis a todos novamente.

 

Sua localização é ideal para uma imersão total em florestas antigas, onde você pode respirar o mistério e viver uma aventura que poucas pessoas têm o privilégio de ter como lembrança. Recomendamos uma viagem à antiga floresta de louros, que levará você para perto de magníficos eucaliptos e até dos restos de uma antiga vila habitada até 1910.

Faça um cruzeiro com a Costa Cruzeiros pelas Ilhas Espanholas

 

Viaje com a Costa Cruzeiros para descobrir algumas das ilhas espanholas, e deixe-se conquistar pela natureza exuberante e selvagem de Lanzarote, da vida noturna de Ibiza e muito mais.

 

Não espere, veja agora todas as datas de partidas para as ilhas espanholas.

Procure seu próximo cruzeiro