As Ilhas da Croácia estão se tornando mais famosas a cada verão. Outrora um destino para os turistas mais aventureiros ou para aqueles que podiam pagar um barco para aterrar nas suas costas, estas ilhas são cada vez mais um lugar na Croácia onde você conhece viajantes de todos os tipos.

O motivo para isso é fácil de entender: as Ilhas da Croácia são muitas e todas diferentes, por isso é impossível não encontrar a que vai nos fazer ficar apaixonados. Elas vão das ilhas com uma imagem mais áspera, feita de pedras e aterros, até ficarem mais suaves nas pequenas enseadas de mar, ou outras que hospedam festivais de música de nível europeu e praias da Croácia com tudo o que as famílias precisam. Dois exemplos? Mljet e Pag, diferentes, mas igualmente fascinantes. E depois há Lokrum de frente para as muralhas de Dubrovnik, onde o seu navio Costa espera por você no porto, Brijuni com a sua fascinante história, as vinhas de Hvar, as ciclovias Murter, a praia mais fotografada da Croácia em Brač, a floresta mediterrânea de Krk, o lago salgado doLong Island... há até mesmo uma ilha em forma de coração!

Prepare-se para descobrir algumas das vistas mais belas do Mediterrâneo. Aqui estão as ilhas da Croácia que você não pode perder.

Lokrum

Não há habitantes na ilha de Lokrum. No entanto, ela hospeda um parque natural maravilhosoa apenas 700 metros da costa de Dubrovnik, de cujos muros e praias você pode admirar o perfil da ilha no horizonte. Aqui, logo após o ano 1000, foi construído um mosteiro beneditino, que recentemente foi um dos cenários da série de TV "Game of Thrones"! Lokrum também foi a residência de verão do arquiduque Maximiliano de Habsburgo, que se tornou o proprietário da ilha em meados de 1800.

 

Com dois quilômetros de comprimento e 300 metros de largura, Lokrum é agora o lar de um Museu de Ciências Naturais e uma grande população de pavões, trazidos aqui pelas das Canárias, que são abordados com segurança pelos turistas. A vista mais famosa da ilha, no entanto, é o Mar Morto, um pequeno lago de sal conectado ao mar por cavernas subterrâneas, em que é muito fácil flutuar devido à alta salinidade da água. Chegando aqui com sua excursão Costa, você vai esquecer os ruídos da cidade: em Lokrum não há carros!

Hvar

Ao longo da costa de Dalmatiaa ilha mais longa deste trecho do mar, Hvar, cujos litorais são bordados por uma alternância de enseadas de todos os tamanhos. Há aqueles que chamam Hvar de "a Madeira da Croácia": é considerado a mais chique das ilhas croatas, graças aos seus hotéis exclusivos e à vida noturna das suas noites de verão, e é uma visita obrigatória para os fãs da enologia, que vão poder conhecer os vinhos croatas.

 

Em Hvar, você também encontrará vistas incríveis, feitas de campos de lavanda e ervas aromáticas, montanhas, extensões de florestas mediterrâneas e árvores com uma longa história, como a lendária oliveira com mais de 2500 anos. E, naturalmente, você vai encontrar praias para todos os gostos, de seixos e isoladas como Lucisca, ou arenosas e para as famílias, como Mina e Mlaska. Você adora mergulhar? Em Zarach, uma cidadezinha perto da cidade de Hvar, há duas baías profundas protegidas por penhascos altos. Mergulhe e descubra o fundo do mar da Croácia!

Pag

Pag é sinônimo de festa! Esta ilha no arquipélago das Liburnianas meridionais hospeda festivais de música eletrônica com grandes DJs internacionais no verão, atraindo jovens de toda a Europa: a praia de Zrće é uma verdadeira Ibiza croata.

 

Mas não são apenas os menores de 30 anos que vêm à Pag. Na quinta maior ilha da Croácia, há espaço para muito mais: a gastronomia local, com o queijo pecorino intenso Paški sir e os vinhos doces, as aldeias com sabor veneziano como Pag, os penhascos de calcário à beira-mar... O mesmo mar em que são vistas praias espetaculares como Beritnica, uma paisagem lunar dominada por três rochedos que parecem ter sido colocados lá por um artista, ou a mais famosa Ručice, uma baía encantadora a uma curta caminhada de Beritnica, uma das mais amadas de Pag.

Krk

Os turistas vêm para Krk porque é fácil de chegar (basta atravessar a ponte que se junta ao continente), mas não podem evitar de se apaixonar por esta ilha perfumada pela floresta mediterrânea, onde não é incomum se deparar com ovelhas andando livremente ao longo das ruas menos frequentadas.

 

Pérolas como Vrbnik, uma vila encantadora em cima de um penhasco de quase 50 metros, onde é um prazer se perder nos becos e ser atraído pelo cheiro de restaurantes de peixe, ou Baška, uma cidade com vista para uma praia de seixos maravilhosa, seria suficiente para explicar por que Krk é uma das ilhas mais amadas da Croácia. Mas têm também as trilhas de trekking, os passeios de barco nas ilhas próximas, as cidades vibrantes... e muito mais.

Ilhas de Kornati

Se você gosta de passeios pela natureza, nas Ilhas de Kornati você vai se sentir no sétimo céu: o maior arquipélago do Mediterrâneo em número de ilhas está localizado ao largo da costa da Dalmácia, na Croácia. São 147 ilhas, ilhotas e recifesque compõem as Kornati, a maior parte desabitadas, e formam um Parque Nacional.

 

Para chegar aqui, o melhor seria usar um veleiro que aproveita os ventos do Adriático, mas também uma balsa de Zara pode ser uma solução válida! As casas de pedra das Ilhas Kornati ficam cheias de turistas no verão em busca de paz e relaxamento. E o jantar? Todos em busca de um restaurante à beira-mar, para desfrutar das especialidades locais de frutos do mar.

Murter

Há aqueles que chamam Murter de "a porta das Ilhas Kornati", porque está localizada ao sul deste belo arquipélago. Muitas pessoas conhecem esta ilha cheia de pinheiros, vinhedos e oliveiras porque é um ambiente para amigável para ciclistas: com seus 12 quilômetros de comprimento por 2 de largura, que pode ser toda percorrida de bicicleta, talvez para se aventurar nas trilhas dos pastores que cruzam a ilha e escalar suas colinas para ver o mar.

 

Murter está mais ou menos na metade da estrada entre Zara e Split, e está conectada por uma ponte móvel ao continente. Os apaixonados por Caiaque podem encontrar em Murter seu cenário ideal e explorar seu litoral acidentado em busca das praias mais secretas.

Cres

Pequenas aldeias que veem o mar do alto, trilhas que levam a enseadas encantadoras: em Cres os habitantes são poucos, mas as belezas naturais são tantas. Considerada "selvagem" devido à sua escassez de população, Cres faz parte do arquipélago do Kvarnermuito perto de Istra. Passeando pelo centro da cidade de Cres, entre suas casas de tons pastel com vista para o porto, você vai notar seu estilo veneziano! E pensem que até mesmo o prato típico local tem um nome veneziano:os "subioti", uma palavra que identifica uma espécie de macarrão no dialeto de Veneza.

 

Cres é banhada pelo vento bora no seu lado virado para o leste. Por esta razão, seus centros populacionais estão principalmente voltados para o oeste. A ilha é a casa dos grifos, aves símbolo da Croácia, que vivem aqui em uma reserva natural.

Brijuni

Quatorze ilhas compõem o Arquipélago de Brijuni, que já foi um assentamento romano. Aqui, de fato, você também pode ver duas villas romanas e um castelo bizantino. Mas o arquipélago é mais conhecido por seu Parque Nacional, criado para proteger as espécies de plantas exóticas e muitos animais daqui.

 

Existem duas ilhas maiores no arquipélago, Veliki Brijun e Mali Brijun, enquanto as outras doze são pequenas ilhotas. A peculiaridade de um feriado aqui é que você pode intercalar seus dias na praia (que com certeza são belíssimas) com passatempos culturais, como uma visita ao Parque Cretáceo.

Rab

Se você é um amante dos esportes em contato com a natureza, saiba que na ilha de Rab você vai encontrar 157 quilômetros de ciclovias e 144 quilômetros de trilhas para caminhar. Você prefere atividades marítimas? Não faltam centros de mergulho. Rab está localizada perto da cidade de Stinica, no arquipélago de Kvarner.

 

Há um outro número que irá interessar-lhe com certeza: em Rab existem 130 praias. No norte da ilha você vai encontrar várias protegidas pelas rochas, enquanto na Península de Lopar se encontram alguns dos arenitos croatas mais adequados para famílias e crianças. A mais famosa? A Rajska Plaža, cujo nome significa "Praia do Paraíso".

Ilhas Elafitas

O nome das Ilhas Elafitas vem do grego, e significa "ilhas dos veados": no total são 13, mas as três maiores são as únicas habitadas, onde se chega de balsa partindo de Dubrovnik. Seus nomes são Sipan, Lopud e Kolpcep (ou Kalamota). Sipan é a maior, mas ainda é escassamente povoada: na localidade de Sudurad existem inúmeros restaurantes onde o peixe é uma arte, enquanto a vila de pescadores de Sipanska Luka tem um porto pitoresco, onde vivem muitos gatos esperando por aqueles que retornam das pescarias.

 

Nas Ilhas Elafitas, os viajantes procuram relaxamento na natureza selvageme o silêncio dos olivais, das vinhas e dos pomaresproporcionam férias restauradoras a poucos passos de Dubrovnik.

Brač

A imagem mais famosa de Brač? Com certeza, a praia de Zlatni Rat, que significa "chifre de ouro": uma faixa de areia que se arrasta para o Adriático, perpendicular à costa, e que muda de forma de acordo com a direção dos ventos, e está entre as mais fotografadas da Croácia. Os amantes de kite surf chegam à Brač especialmente para esta praia, enquanto aqueles que procuram atrações mais tradicionais não ficam decepcionados com o centro histórico da cidadezinha de Supetar, com o eremitério abandonado de Blaca ou com a natureza ao redor do pequeno centro de Bol, o mais animado da ilha.

 

Brač é a maior ilha da Dalmácia. Fica ao sul de Split, de onde você pode chegar confortavelmente de balsa para desfrutar de uma ilha também conhecida por seu produto único: a Pedra Branca de Brač, que foi usada na construção da Casa Branca em Washington.

Vis

Dando nome a um pequeno arquipélago, Vis, é composto por três pequenas ilhas ao largo da Dalmácia: a ilha de Vis, em particular, é a mais distante da costa. É por isso que é também a última das ilhas da Croácia a estar aberta ao turismo internacional. Até 1989, não era possível entrar neste centro militar da ex-Iugoslávia.

 

Resultado? Ainda hoje você não vai encontrar grandes hotéis aqui. Por outro lado não faltam locais históricos, como a necrópole grega, os banhos romanos e uma igreja datada de 1500. Em torno de Vis há também outras pequenas ilhas: uma delas, Budikovac, é o lar de uma lagoa com água azul-turquesa, um pequeno paraíso do mergulho.

Korcula

No sul da Dalmácia, a uma curta distância da Península de Peljesac, encontra-se a ilha de Korcula, que na tradição croata dizem ser onde nasceu Marco Polo! A lenda foi desmentida, mas isso não afetou o charme de Korcula, que já se percebe na chegada ao porto da cidadezinha com o mesmo nome, um belo exemplo de arquitetura medieval cercada por muros.

 

Korcula é rodeada por uma cadeia de montanhas centrais que se voltam para o mar, onde você vai encontrar maravilhosas praias de areia ao sul e de seixos ao norte. Vela de Przina, por exemplo, é uma praia familiar com um mar de cor caribenha, enquanto a península de Raznjic é uma faixa de rocha e de vegetação que se espalha até o mar. Procurando por um lugar ainda mais selvagem e mais isolado? Vá para a ilhota de Badija, não muito longe de Korcula, e aproveite seu litoral rochoso.

Lošinj

A ilha de Lošinj na Croácia é separada da ilha de Cres por um canal escavado na época romana. Para alcançá-la, basta percorrer uma pequena ponte móvel. Ela também faz parte do arquipélago Kvarner, no Alto Adriático. Esta ilha comprida é inteiramente percorrida por uma única estrada asfaltada e até mesmo seu trecho mais ao sul é separado do resto de Lošinj por um canal artificial. Neste ponto, a ilha tem apenas 100 metros de largura.

 

Zimbros, murtas, azinheiras, pinheiros marítimos, agaves, oliveiras... Em Lošinj a vegetação é exuberantee, no Parque Florestal Čikat você pode passear e aproveitar a natureza em meio a trilhas muito bonitas. E essas trilhas sempre levam às baías e enseadas mais escondidas da ilha de Lošinj, muitas vezes acessível através estradas de terra ou com uma bela caminhada. No entanto, não faltam praias para as familias, confortáveis e bem equipadas, bem como lugares e restaurantes nos estabelecimentos turísticos maiores, Veli Lošinj e Mali Lošinj. Não se deixe enganar pelo nome, o segundo é mais amplo e mais rico em atrações do que o primeiro! Do lado de fora do centro, há até um Parque Aquático onde as crianças podem se divertir.

Mljet

Uma lenda croata diz que a ilha de Mljet seja a mitológica Ogigia, A.C., casa da ninfa Calypso e de seu amor desesperado por Ulisses. E lendária é também a beleza da Mljet, cuja parte mais a oeste é ocupada por um Parque Nacional verdejante. Vai parecer quase estranho conhecer as aldeias e vilarejos habitados da ilha no meio das colinas e da vegetação: você vai ver cavernas, montanhas e até dois grandes lagos salgados, Veliko Jezero e Malo Jezero, bacias marítimas que repousam no coração de Mjiet. É claro que, se você ama fazer trekking, não pode perder esta pérola da Croácia! E lembre-se: no parque não são permitidos carros nem motocicletas.

 

Não há ilha na Croácia sem praias de sonho, e Mljet não é uma exceção: aqui estão as famosas praias de areia da Baía de Saplunara, na parte sudeste, que têm águas particularmente quentes e a profundidade do mar é adequada até mesmo para crianças. Mas também há marinas românticas onde atracarse você chegar de barco e parar em um restaurante típico, explorando também a gastronomia local.

Dugi Otok

O nome croata Dugi Otok significa Ilha Longa. Está localizada ao norte das Ilhas Kornati e faz parte do arquipélago de Zara. A parte sul da ilha é ocupada por um tranquilo e adorável Parque Natural, que também inclui a Baía de Telašćica, pontilhada com ilhotas, e o lago salgado Mir.

 

A estrada que atravessa o centro de Dugi Otok foi construída em 1995 e hoje conecta suas 12 cidadezinhas. Em alguns lugares, ela vai até o topo das colinas da ilha, dando-lhe uma vista incrível do mar. Em Dugi Otok você pode escolher entre praias rochosas, que estão na maior parte em seu lado ocidental, e outras mais delicadas, como a baía de Sakarun, muito fotografada com suas águas cristalinas.

Galesnjak

Galesnjak é a ilha do amor. Se você a vir de cima, irá notar que é em forma de coração! Esta ilhota é pouco mais de uma rocha de 130 metros quadrados, mas desde que cartógrafo de Napoleão no início de 1800 revelou sua forma tornou-se uma verdadeira celebridade.

 

O que tem para ver em Galesnjak? Essencialmente o mar da Croácia, a vegetação local e algumas rochas. Infelizmente, esta ilha é inacessível, para a tristeza dos mais românticos: é desabitada e privada, e só pode entrar lá quem tiver sido convidado pelos proprietários.

Pasman

A ilha de Pasman faz parte do arquipélago de Zadar e surge não muito longe do continente. Se excluirmos a estrada pavimentada que corre ao longo de sua costa leste, o resto da ilha pode ser alcançada através das trilhas ou estradas de terra. Mas não pensem que é uma ilha particularmente selvagem. Em Pasman você encontrará praias graciosas de areia e águas rasas que atraem famílias de turistas por sua tranquilidade e águas transparentes. Nas proximidades há restaurantes e bares.

 

A parte sul de Pasman é rochosa, por isso é desabitada. Aqui os habitantes começaram a cultivar oliveiras, para produzir o azeite que você pode comprar nos centros habitados.

Viaje para o Croácia com Costa Cruzeiros

As Ilhas da Croácia são um patrimônio único de beleza e diversidade. Depois de explorar várias delas, você sempre acaba se apaixonando por uma em particular, seja a mais selvagem ou a mais mundana, a mais verde ou a mais equipada. E quanto a você, já tem uma ilha da Croácia em seu coração?

Parta com a Costa Cruzeiros