Essas ilhas não são apenas destinos de sonho com um clima ideal, águas claras e praias de areia rosa. As Ilhas Bermudas revelam tradições tipicamente britânicas, fortes laços comerciais com a América e são uma mistura agradável para descobrir. Sua história é bastante cheia de aventura e começa com Juan De Bermudez, o explorador espanhol que as descobriu em 1505.

Elas fazem parte do território britânico e formam um arquipélago no Oceano Atlântico, composto por dezenas de ilhotas, entre a Flórida e a ilha de Porto Rico, com as quais formam o "famigerado" triângulo das Bermudas. É um imenso trecho do Oceano Atlântico, onde as profundidades atingem 9 mil metros. Uma área de mais de um milhão de quilômetros quadrados onde ocorreram eventos inexplicáveis, incluindo o desaparecimento de navios, vestígios de aeronaves perdidas, barcos que reapareceram sem tripulação.

Lendas, mistérios, curiosidades que envolvem essas ilhas a serem descobertas. O turismo aqui começou com uma única estadia. Foi a filha da rainha Vitória, a princesa Louise, que inaugurou o turismo na região. Bastou uma estadia no inverno de 1883 em Hamilton, capital do arquipélago, para preparar as ilhas para um futuro turístico exclusivo e elegante.

Ainda hoje preservam o estilo e a atmosfera do passado, num belo cenário que se altera entre fortalezas pitorescas e casas de cores claras, perdidas em meio a jardins refinados. A riqueza histórica, juntamente com as belezas naturais, fazem dessas ilhas um dos destinos turísticos mais procurados.

As praias das Bermudas são tomadas por uma atmosfera de calma e cheia de nuances. Aqui os turistas podem relaxar ou nadar, saborear um suco natural ou uma bebida fresca, lendo ou tentando conhecer os hábitos dos habitantes locais. 

Acompanhe-nos para conhecer as 15 paradas absolutamente imperdíveis.

  • Cidade de Saint George
  • Church Bay
  • Crystal Caves
  • Fantasy Caves
  • Museu Nacional das Bermudas
  • Bermuda National Gallery
  • Aquário e Museu-Zoológico das Bermudas
  • Ilha de Saint George
  • Jardins Botânicos das Bermudas
  • Catedral da Santíssima Trindade
  • Bermuda Underwater Exploration Institute
  • Vidraria de Dockyard
  • Dolphin Quest
  • South Shore Park
  • Horseshoe Bay Beach

Cidade de Saint George

Saint George é o centro administrativo. Além do único aeroporto, você também encontrará praias, uma praça pitoresca e inúmeros achados históricos cheios de curiosidades. Entre essas curiosidades, há dois que lembram George Somers, fundador de uma colônia inglesa aqui: um navio e uma estátua de bronze.

As vistas para o mar não são a única atração. Depois da praça da cidade, a King's Square, você descobrirá a antiga cidade colonial, onde ainda pode respirar a atmosfera da época, graças ao prédio da prefeitura, em cuja fachada existe o pau-de-arara, onde eram amarradas as pessoas que que não respeitavam as regras, como um sinal de humilhação.

O palácio do governador também fica nas redondezas, que hoje é um museu no qual você pode ver uma reconstrução de como era sua aparência original. Outras atrações incluem a igreja de Saint-Peter, um dos mais antigos locais de culto anglicanos do mundo. A construção atual, do século XVIII, foi erguida sobre outra igreja, construída na época da fundação da cidade.

Outra igreja muito particular, "A Igreja Inacabada", pode ser alcançada a pé a partir do centro. Nesse local, sobraram os arcos e colunas góticos no gramado, apenas com o céu ao fundo. Um vislumbre a ser admirado. Por fim, para descobrir as bases da história do arquipélago, você pode reviver os principais eventos no National Trust Museum.

Os edifícios na praça são muito coloridos e característicos, assim como a maioria das construções localizadas no centro histórico. Entre as casas mais famosas de Saint George, destaca-se a Old State House, a primeira casa de pedra e sede do Parlamento de 1620 a 1815, ano em que a capital foi transferida para Hamilton, porque era considerada em uma posição melhor e mais fácil para atracar os navios.

Você também pode admirar a Old Rectory, a reitoria, que foi o primeiro edifício do arquipélago a ter um telhado de pedra. A cidade foi tombada como Patrimônio Mundial da UNESCO e é considerada um dos melhores exemplos de urbanismo inglês. Em Saint George, você também encontrará uma das praias mais bonitas do arquipélago, Tobacco Bay, perfeita para mergulho e snorkel.

Church Bay

Beleza superlativa, tão surpreendente quanto seu recife de coral: Bem-vindo a Church Bay, o local ideal para mergulhar na ilha principal das Grandes Bermudas. A pequena enseada é tocada por águas calmas, ideais para nadar e se divertir praticando esportes aquáticos. A baía está localizada na extremidade das praias de South Shore.

Os fantásticos recifes são habitados por muitos peixes tropicais coloridos, de muitas espécies (anjo, papagaio, borboleta). No Church Bay National Park, os recifes de coral formam uma barreira que deixam as águas do parque marinho bastante rasas. Há também outro parque, com vista para a praia, onde você pode usar áreas confortáveis para fazer piquenique.

Crystal Caves

Para ver uma das atrações naturais mais impressionantes das Bermudas, você terá que ir de metrô até Hamilton. As cavernas de cristal, supostamente com milhões de anos de idade, abrigam formações espetaculares e um lago cintilante alimentado pelo oceano.

Esse mundo subterrâneo fantástico também inspirou Mark Twain. Para começar, temos que voltar no tempo. Retornamos à era glacial do Pleistoceno, cerca de 1,6 milhão de anos atrás. Muitos dos oceanos da Terra congelaram, o nível do mar baixou e a água da chuva penetrou no calcário das Bermudas, criando cavernas escondidas na ilha e ao redor dela. No entanto, elas foram descobertas acidentalmente, por duas crianças que jogavam críquete em 1907. Enquanto jogavam bola, ficaram intrigados com um pequeno buraco que emitia ar quente vindo de baixo. Intrigados, os meninos cavaram a terra e descobriram uma maravilha subterrânea.

Em 1908, o famoso autor de As aventuras de Huckleberry Finn e As aventuras de Tom Sawyer se tornou o primeiro turista a descer nas cavernas de cristal. "Visitamos uma caverna maravilhosa ...", ele escreveu em uma carta. Acredito que seja a caverna mais bonita do mundo. Descemos 150 degraus e paramos em um lindo local de 90 metros de comprimento e 30 ou 40 de largura, com um lago brilhante de água limpa sob nossos pés e todo o esplêndido teto com estalactites brilhantes, muitos deles branquíssimos como açúcar e outros tantos em tons de marrons, rosas e muitos outros".

Durante todo o século seguinte, as cavernas se tornaram uma das atrações mais populares das Bermudas, e milhares de pessoas descobriram a beleza subterrânea de um mundo que se encontra abaixo da superfície da ilha. Um passeio especial o levará a descobrir essa beleza encantadora: águas límpidas, piscinas subterrâneas e formações de estalactites parecem ser objetos de design e lustres criativos, criados para mobiliar a caverna.

Aqui você pode admirar o Lago Cahow, conhecido por suas águas cristalinas, sobre as quais foi construída uma ponte. Você terá um espaço especial para observar as estalactites pingando do teto ou as estalagmites que surgem entre as águas cristalinas e o chão. Dizem que dentro dessa gruta, surgiu uma arraia, uma criatura marinha incomum para essas ilhas.

Fantasy Caves

E ainda tem muito mais: as Fantasy Caves são uma maravilha natural dentro do mesmo complexo.  Foi inaugurada em 1914, depois fechada durante a Segunda Guerra Mundial e, finalmente, reaberta ao público novamente. Imagine jogos de luzes artificiais e paredes cobertas de depósitos minerais, que lhes dão formas particulares.

As cavernas se estendem por 500 metros, descendo a uma profundidade de 62 m, e representam uma das atrações mais visitadas das Bermudas. Parada obrigatória não apenas por causa da experiência mágica, mas também pelo impacto visual: a água azul clara das piscinas subterrâneas cria um contraste maravilhoso com as formações brancas cintilantes das cavernas e suas incríveis formações, de todos os tamanhos e formas.

Museu Nacional das Bermudas

A história da ilha é contada dentro de sete bastiões e oito edifícios: bem-vindo ao Museu Nacional das Bermudas. Naufrágios, batalhas, caça às baleias, regatas de iate e arte marítima são apenas alguns dos motivos em exibição. No topo do museu, você pode visitar uma casa do século XIX repleta de móveis de época autênticos e exposições sobre a história militar e social das Bermudas. Você pode relaxar em meio à natureza e passear pelos 16 hectares da área, apreciando as vistas panorâmicas da ilha, bem como as ovelhas que pastam livremente nos terrenos.

O playground do museu oferece jogos e iniciativas para crianças, incluindo escorregadores, balanços, escalada e fontes dançantes. Uma oportunidade também para se refrescar nos dias mais quentes. Dentro do Museu Nacional, há o Museu Marítimo das Bermudas, que foi oficialmente inaugurado pela rainha Elizabeth II em 1975 .

Móveis locais, máscaras africanas e também uma grande coleção de pinturas européias: a Bermuda National Gallery foi inaugurada em 1992 na capital Hamilton para promover a "conscientização e valorização das Bermudas e da arte visual local e mundial". Hoje existem obras de artistas nacionais e internacionais. Uma série de fotografias em preto e branco do artista local Richard Saunders e uma coleção de gravuras que mostram imagens sugestivas da vida afro-americana completam o percurso.

Aquário e Museu-Zoológico das Bermudas

A diversão é dividida em três partes, entre o Aquário, o Museu e Zoológico das Bermudas, uma das atrações mais populares das Ilhas Bermudas. Localizado no pitoresco Flatts Village, em Hamilton, foi fundado em 1926.  No mesmo complexo, você terá a chance de visitar o aquário, o museu e um zoológico. O foco principal aqui é a seção "North Rock": uma réplica viva de um dos espetaculares recifes de coral das Bermudas. É uma das maiores coleções vidas de coral em todo o mundo. Aqui você pode encontrar mais de 200 espécies de peixes e invertebrados marinhos dos ecossistemas marinhos das Bermudas.

Você também encontrará gorgônias roxas, barracudas, garoupas e corais estrelas.  Você também terá a chance de viver uma experiência única, colocando sua cabeça em uma bolha gigante de acrílico: você experimentará a sensação imediata de mergulhar em uma caverna de coral.

A experiência do aquário será mágica para as crianças, pois eles verão uma infinidade de peixes e cores indo para lá e para cá sem parar. Um belo desfile que exibirá peixes papagaios, peixes tigres, moreias, garoupas, caranguejos, lagostas e corais. E ainda há mais: na piscina externa, vivem algumas simpáticas focas. Outros protagonistas ilustres serão as tartarugas verdes, que aguardam os visitantes em outra piscina, perto da entrada.

A segunda atração é o museu, que recentemente passou por um projeto de valorização e reorganização. Foram criadas duas seções: uma sobre a história natural das ilhas Bermudas antes da chegada do ser humano. São analisados os diversos habitats, desde a costa rochosa até a praia, passando pelo lago de água doce e pelas florestas. Com vídeos interativos, você verá como as cavernas se formaram na ilha e quais criaturas vivem dentro delas.

A primeira seção mostra a história natural das Bermudas antes da chegada de qualquer ser humano. Explore as origens e vários habitats naturais, como a costa rochosa, a praia, a lagoa de água doce e as florestas. Há uma apresentação multimídia que mostra como a ilha nasceu, como as cavernas foram formadas e quais criaturas vivem dentro delas.

A segunda seção do museu mostra o impacto dos seres humanos nas diferentes espécies de animais. O último espaço é dedicado ao zoológico, que se estrutura como uma espécie de turnê mundial. Você pode ir para a Ásia e para a Austrália, conhecer cangurus, morcegos, wallabies, musaranhos. Há também um espaço dedicado a Madagascar, onde você pode encontrar lêmures.

Ilha de Saint George

Belezas naturais, achados históricos e também inúmeras curiosidades. A leste da Grande Bermuda fica Saint George Island.  Não se surpreenda se, em todas as partes, você encontrar empresários vestindo os shorts tradicionais das Bermudas a bordo de scooters ou bicicletas.  E nas vitrines, não será muito diferente. Aqui, mais do que uma certeza, eles são um símbolo das ilhas, embora sua história tenha começado em Londres. Os primeiros a usá-los foram os marinheiros da Royal Navy.

Quer saber uma curiosidade? Existem regras muito rígidas, a começar pela altura que devem atingir, ou seja, 7,5 centímetros acima do joelho. As bainhas devem ser costuradas à mão, devem haver passadeiras para cinto e dois bolsos frontais. O logotipo de todas as peças de roupas das Bermudas é um triângulo, uma referência ao triângulo "amaldiçoado".

A primeira atração imperdível é o antigo farol de Gibb's Hill, conhecido por sua forma de cone e por sua luz que tem um alcance de 40 quilômetros. Tem 35 metros de altura e fica em uma colina a 110 metros acima do nível do mar. Você precisa subir os 185 degraus, mas a vista preciosa valerá todo o esforço. Uma curiosidade diz respeito ao fato de ter sido construído em ferro fundido, pois ainda não havia aço disponível na ilha. Ainda está em operação, desde 1846.

Saint George é a ilha onde fica a capital Hamilton, que é conhecida por suas fortalezas. Elas eram as defesas da costa há mais de 300 anos e agora fazem parte do Patrimônio Mundial da UNESCO. O Forte St. Catherine, completamente restaurado, contém uma galeria de dioramas que representam a história das Bermudas, uma coleção de armas de fogo e réplicas das joias da coroa britânica. Construído em 1620, o Gates Fort é uma estrutura pequena, mas estrategicamente posicionada, com vista para o Atlântico, enquanto Alexandra Battery, datada de 1840, tem vista para uma praia em que se destaca a cor verde do mar.

Em frente a Saint George fica Saint Davis, que antigamente era um posto militar avançado do Império Britânico. Hoje, oferece inúmeras praias, que não são muito movimentadas. Uma das mais características está localizada perto do farol, no ponto mais a leste das Bermudas. Os mergulhadores encontrarão o ponto perfeito na vila de Sandy.

Ali existe o Snorkel Park, onde você pode obter todo o equipamento necessário para ver peixes coloridos de perto e cenários cheios de surpresas. Os entusiastas de mergulho vão gostar de ver alguns canhões e naufrágios afundados em séculos passados.

Outro lugar imperdível é Nonsuch,  um nome que quer dizer “igual não existe". A ilha é um local muito popular para quem gosta de animais, pois hospeda várias espécies raras de aves, entre as quais o petrel-das-bermudas, um símbolo das ilhas, e a garça-real de cabeça amarela. A área está localizada dentro de um parque natural, ideal para encontrar paz e silêncio e deixar para trás os ritmos frenéticos.

Jardins Botânicos das Bermudas

Em Hamilton, os amantes da natureza encontrarão o paraíso: um jardim botânico, lugar onde os moradores gostam de caminhar ou relaxar nas vastas extensões de gramados, cercados por grandes árvores. O parque verde abriga árvores frutíferas subtropicais, hibiscos e um viveiro. Há também uma peculiaridade, um jardim aromático projetado para visitantes cegos. Outra joia, localizada no prédio próximo à entrada do parque, é o Masterworks Museum, onde o passado da ilha é analisado por meio de trabalhos gráficos e se estuda também a visão de mundo a partir desse arquipélago.

Nas proximidades, há também o Forte Hamilton, que oferece uma visão periférica de toda a cidade. É um forte antigo usado para fins de defesa durante as guerras de secessão. Hamilton é o coração cultural e comercial das ilhas. Prédios coloniais em tons pastel se alinham às ruas e a cidade abriga as melhores lojas, restaurantes, galerias e museus das Bermudas.

As margens são cercadas por construções coloridas, começando com aquelas com vista para o mar. Junto com as outras ruas do centro, forma uma malha ortogonal, que é o coração da cidade. Main Island é o melhor lugar para quem quer nadar ou praticar esportes aquáticos: a água é límpida e as praias são extensas. A praia mais longa é chamada de Warwick Long Bay, e se estende por 8 quilômetros entre areia, bosques, árvores e prados.

Jardins Botânicos das Bermudas

Não podem ser construídos prédios mais altos que seus pináculos. Aqui estamos no símbolo das Ilhas, a Catedral da Santíssima Trindade, construída em estilo neogótico. É o monumento histórico mais importante das ilhas. Foi concluída em 1905 para sediar a igreja anglicana das Bermudas, uma diocese que presta contas diretamente ao arcebispo de Canterbury.

O principal material usado para sua construção foi uma pedra calcária originária das Bermudas. Alguns elementos decorativos foram feitos com um tipo de pedra trazido da França, da cidade de Caen.  Você terá a oportunidade de ter uma vista incomparável de uma torre. A 44 metros de altura, seu olhar repousará sobre a cidade de Hamilton e até o litoral norte das Bermudas.

O outro edifício religioso que pode ser visitado é a Catedral de Santa Teresa de Lisieux. Você se encontrará em uma rede de ruas, que o levará ao coração da cidade. Aqui você pode fazer uma pausa ou fazer compras nas lojas mais inusitadas. Na área, encontra-se também a Sessions House, que abriga a Suprema Corte e o Parlamento das Bermudas.

Bermuda Underwater Exploration Institute

Na entrada de Hamilton, há um centro especializado que coleta e analisa dados sobre o oceano: o Instituto de Exploração Subaquática das BermudasO centro de estudos marítimos possui várias seções e um percurso pedagógico que orienta os visitantes. Três assuntos são discutidos aqui: o fundo do mar, as espécies que o povoam e os problemas ambientais que as Ilhas enfrentam.

O instituto também propõe atividades interativas, para permitir que até os mais novos aprendam sobre as leis que regulam o mundo marinho, divertindo-se com exercícios e uma linguagem muito simples.  Muita atenção à Treasure Room: trata-se de uma jornada simbólica pelas descobertas feitas pelo mergulhador Teddy Tucker.

Vidraria de Dockyard

A vidraria Dockyard é um lugar especial. A produção de vidro é feita artesanalmente, seguindo diferentes processos. Primeiro de tudo, a técnica italiana. Concentre-se, primeiramente, no maravilhoso vidro soprado. Você verá os mestres artesãos trabalhando e poderá comprar verdadeiras obras de arte na loja.

O destaque é a criação de taças autorais. Você pode comprar objetos que fazem parte da vida cotidiana ou lembranças das Bermudas, como peixes-anjo multicoloridos e pássaros locais. No catálogo existem pratos, jarros, objetos de arte, joias, de cores e formas muito diversos.

Dolphin Quest

Uma tarde de brincadeira, um momento de celebração. O Dolphin Quest, perto do Museu Nacional, oferece aos turistas e visitantes a oportunidade de nadar com golfinhos. É um centro de treinamento e há muitas oportunidades para organizar pacotes para famílias ou grupos de pessoas. A instalação oferece inúmeros programas pedagógicos e promove estudos científicos marinhos para proteger o oceano e seus habitantes. Uma oportunidade de conhecer os tesouros escondidos e também as maravilhas do fundo do mar.

South Shore Park

É um parque de cerca de 2,5 km, onde estão aquelas que são consideradas as praias mais bonitas do arquipélago. A área é uma reserva natural, que vai do bairro de Southampton a Warwick. Foi certificado como parque nacional em 1990. O caminho hipotético começa no extremo oeste de Horseshoe Bay Beach e vai até o extremo leste de Warwick Long Bay Beach.

Prepare-se para respirar nada além de natureza e beleza. A primeira parte é um caminho arenoso que passa por falésias e dunas de calcário, localizado logo acima do nível da praia. Mas a paisagem muda e se mistura, formando novas vistas a uma distância de poucos metros e despertando o desejo de fotografar a paisagem e parar a cada momento.

Há também grandes áreas gramadas pela estrada, que são fantásticas para piqueniques ou para uma revigorante. O caminho ao longo do penhasco oferece excelentes vistas para o oceano. Se, por outro lado, você escolher entrar no ritmo das praias, encontrará pequenas enseadas semi-isoladas que simplesmente o deixarão sem palavras. Pela força das cores, pela limpidez das águas e pela magia do silêncio.

Horseshoe Bay Beach

Horseshoe Bay Beach é a praia mais popular nas Ilhas Bermudas e é considerada uma joia internacional. Mar cristalino, areia de seda e vistas deslumbrantes somadas a uma cor rosa que dá um toque ainda mais mágico a cada pôr do sol. Com uma praia adequada para crianças e com sua maré baixa, que cria uma espécie de piscina natural, Horseshoe é definitivamente um local adequado para toda a família.

A ampla praia em forma de ferradura, localizada perto de South Road, em Southampton Parish, se delimita por falésias calcárias naturais e recifes de coral: aqui os praticantes de snorkel podem explorar e conhecer a grande variedade de peixes e aprender sobre a vida marinha na área. Não faltam oportunidades para praticar esportes ou fazer longas caminhadas. Ou então para se refrescar em restaurantes ou quiosques, onde você pode experimentar pratos típicos. 

A beleza das Ilhas Bermudas

 

Vida social e muito relaxamento nas praias, e muito mais. Natureza que pulsa e vibra, com um leve toque de conto de fadas, começando pelas casas em tons pastel que oferecem perspectivas e traços da histórias. Aqui as culturas britânicas, americanas e africanas coexistem e se misturam com influências portuguesas e indianas.

Embora as ilhas Bermudas não sejam muito grandes, há inúmeras atividades turísticas, adequadas para todas as necessidades: quem quer mergulhar na cultura pode visitar as galerias de arte ou museus da capitalHamilton; quem precisa de movimento pode praticar algum tipo de esporte aquático, além de caminhadas ou golfe.

Finalmente, quem quer apenas descansar terá belas praias com areia rosada, com sol garantido e céu azul. Mas não é só isso: você pode praticar pesca em alto mar em qualquer época do ano. E para aqueles que querem se mimar, as Bermudas oferecem resorts e spas adequados para todas as necessidades.

E a lista de maravilhas que você encontrará continua: baías encantadoras, cavernas que oferecem um jogo de luzes e contrastes e atividades variadas que garantirão férias inesquecíveis, inclusive para quem é apaixonado por mergulho. Atualmente, o fundo do mar da região esconde cerca de 500 naufrágios, cenário ideal para garantir uma aventura subaquática inesquecível. Não deixe de aproveitar a estadia para observar pássaros ou brincar com os golfinhos.

O encontro de culturas e tradições também se reflete na gastronomia, uma viagem culinária que passeia pelo mundo: da sopa de peixe aos fishcakes, passando pelas comidas tipicamente americanas. A bebida nacional, por sua vez, é o imperdível Black Seal Rum, consumido pelos habitantes locais com um pouco de água tônica e gengibre. Um cardápio variado que satisfaz todas as curiosidades: você só precisa conhecer as ilhas Bermudas e depois se sentar à mesa.

Viaje com a Costa Cruzeiros