Chipre é um dos destinos mais populares para todos os viajantes que querem mergulhar na cultura mediterrânea em umas férias simplesmente inesquecíveis. Cerca de dois milhões de turistas se aventuram neste maravilhoso Estado insular em busca de belezas naturais, Patrimônios Mundiais da UNESCO, comida fabulosa, praias de cartões postais e uma tradição de hospitalidade e boas-vindas que deixam memórias indeléveis.

Chipre é banhada pelas águas amenas do Mar Mediterrâneo Oriental, perto da costa turca, e é um lugar incrível que pode ser visitado em qualquer época do ano. Estando entre as ilhas gregas com o maior número de bandeiras azuis, ou seja, prêmios concedidos às praias mais bonitas e limpas da Europa, é o destino perfeito para quem quer combinar férias na praia e, ao mesmo tempo, uma imersão total na cultura e na história de um povo que viu tanto. Aconselhamos que você chegue aqui em um de nossos cruzeiros entre abril e novembro, para que possa desfrutar plenamente das atividades locais.

Chipre é dividida em duas partes: ao sul, a República de Chipre tem a maioria da população grega e faz parte da União Europeia. Ao norte fica a República Turca de Chipre, com a bandeira da Turquia. Os dois territórios são divididos pela "linha verde", uma área desmilitarizada desde 1974, que também atravessa a capital Nicósia e que divide os distritos turcos dos gregos com seu comprimento total de cerca de 180 quilômetros.

Existem milhares de razões para visitar o Chipre e uma delas é certamente a comida: sua posição, encruzilhada de três continentes, permite respirar na ilha um clima cosmopolita que reflete suas influências na cultura e, é claro, na culinária. Os pratos típicos misturam os sabores famosos do sul do Mediterrâneo, os aromas do Médio Oriente e as grandes harmonias da culinária da Ásia Central. Aqui, a dieta é baseada principalmente em vegetais, preparados com habilidade, para serem saboreados com molhos de iogurte. Se você quiser experimentar algo realmente típico, prove um dürüm, um prato turco composto por pão sem fermento que contém carne e condimentos deliciosos. Experimente também as sobremesas feitas com amêndoas, mel e frutas frescas.

São 10.000 anos de história que viram como protagonista o Chipre. Quando se diz que basta cavar um pouco aqui para encontrar relíquias de um grande passado, nunca é um exagero! Invasores estrangeiros, conquistadores e imigrantes de todo o mundo deixaram sua marca na ilha que viu o domínio dos Gregos, Romanos, Bizantinos, Genoveses, Otomanos, Britânicos e Turcos. Chipre é um livro de história para ler em todas as paisagens e em todos os cantos: não perca um capítulo!

Você não pode dizer Chipre sem dizer gatos! Você sabia que a ilha é famosa pela presença de uma imponente colônia de gatos e pelo amor dos cipriotas em relação a esses fofos animais de quatro patas? Os felinos estão por toda parte: você os encontrará dormindo no peitoril da janela ou tomando sol nas rochas perto do mar. Eles fazem parte do lugar tanto quanto os sítios arqueológicos e a boa comida. Trate-os com respeito.

hospitalidade de Chipre é reconhecida em todo o mundo: sorrisos amigáveis, atmosferas acolhedoras e um grande desejo de espalhar sua cultura para o resto do mundo. Estamos falando, em particular, dos cipriotas gregos, fiéis à sua herança histórica e ansiosos por compartilhar sua terra magnífica com todos. A palavra grega para hospitalidade é "filoksenia", de "filos", amigo e "ksenos", ou seja, hóspedes ou turistas. Deixe-se mimar pelas atenções escrupulosas dos cipriotas em uma das muitas pousadas locais e você nunca mais vai querer voltar para casa!

Neste artigo, preparamos para você uma lista completa de atividades e coisas para ver em Chipre, para que você possa mergulhar na beleza da cultura local com um plano preciso de seu itinerário aqui. Traga sua câmera, sapatos confortáveis, roupa de banho e um grande desejo de descobertas e novos horizontes. Chipre, a joia do Mediterrâneo oriental, espera por você para conquistá-lo com sua atmosfera encantadora.

Choirokoitia

Choirokoitia é um maravilhoso sítio arqueológico localizado na ilha de Chipre, talvez o exemplo mais importante de um local pré-histórico localizado no leste do Mediterrâneo. Este lugar mágico está incluído na lista do Patrimônio Mundial da UNESCO desde 1998, e você só precisa colocar um pé aqui para entender a motivação. A área foi descoberta em 1934, mas os processos de escavação continuaram de 1946 até a década de 1970, quando pararam a seguir à invasão turca de Chipre. As obras de restauração de Choirokoitia foram concluídas em 1977.

Choirokoitia fica em uma colina perto do rio Maroni, ao longo da costa sul da ilha, no distrito de Larnaka. A área foi habitada do VII ao IV milênio a.C.. Sua existência e conservação identificam elementos muito importantes de como a humanidade evoluiu neste canto específico do Mediterrâneo.

Aqui, as escavações são formadas por maravilhosas estruturas circulares feitas de blocos de barro e pedra, com telhados planos e paredes para proteger o perímetro. A expectativa de vida nunca ultrapassou os 22 anos, com picos de 35. Os mortos foram enterrados em uma posição agachada sob o piso das casas. Choirokoitia viveu principalmente da agricultura e da criação de ovelhas, cabras e porcos. A vila foi abandonada por razões desconhecidas em 6.000 a.C..

Há um pequeno bilhete de ingresso a ser pago para acessar o sítio arqueológico de Choirokoitia, que normalmente fica aberto todo o ano. A área não é acessível a visitantes com mobilidade reduzida.

Lefkara

Um fabuloso labirinto de ruas pavimentadas de pedra, paredes com tijolos brancos expostos e trepadeiras que embelezam todos os cantos da cidade. Bem-vindo a Lefkara, uma vila encantadora de artesãos e cidadãos míticos que esperam receber turistas curiosos em suas oficinas. Lefkara é o paraíso por excelência de todos os amantes da fotografia que querem explorar o Chipre de um ponto de vista verdadeiramente interessante. Localizada perto das montanhas Troodos (para visitar a todo custo!), esta cidade encantadora é tão bonita que o tempo parece correr de maneira completamente diferente.

Entre as atrações que você não pode perder, certamente existem as lojas que acolhem os alfaiates e as bordadeiras que fizeram da tecelagem uma arte realmente extraordinária. Aqui as coisas são feitas como antes: o bordado "lefkaritiko" se tornou um símbolo do artesanato local, do qual os habitantes da cidade criaram uma fonte de orgulho inabalável e essa arte de valor inestimável também se tornou parte das heranças culturais intocáveis da UNESCO. Dizem até que Leonardo da Vinci veio aqui, em 1481, para comprar alguns produtos.

Em Lefkara, você também deve fazer uma viagem ao Museu Patsalos de Bordados e Pratas Tradicionais.  Localizado na casa de Patsalos, que é uma das famílias mais ricas da ilha, esse concentrado de história vale a pena apenas por sua arquitetura maravilhosa. Construído inteiramente de calcário, é caracterizado por um pátio interno espetacular. O edifício remonta ao século XIX e lhe dará uma ideia precisa de como deveria ser a vida nesses locais há vários séculos. O museu exibe uma coleção rica em bordados e texturas que o deixarão sem palavras.

Barragem de Kouris

A barragem de Kouris é a maior barragem já construída em Chipre. Com sua extensão de mais de três quilômetros, a área está localizada a cerca de 15 quilômetros de Limassol, perto da vila de Ypsanas. A construção dessa barragem começou por volta de 1984, e foi concluída em 1989. Com seus 115 metros de altura, assim que você chegar aqui perceberá que possui uma estrutura imponente à sua frente. A barragem contém as águas do rio Kouris também enriquecidas pelas do Diarizos. Na bacia hidrográfica criada pela barragem, a vários metros da superfície, fica a aldeia abandonada de Alassa que não existe mais. De fato, os moradores foram realocados durante os anos de construção.

As águas da barragem são usadas para a irrigação de territórios locais e para a distribuição em todo o resto da ilha. Durante os períodos em que o nível da água é alto, o evento é comemorado com fogos de artifício. A lenda também diz que, em 2008, alguém viu um crocodilo em suas águas. Obviamente, essa afirmação nunca foi verificada. Como todas as barragens, a paisagem de Kouris é simplesmente espetacular. Venha aqui com sua câmera e prepare-se para passear por paisagens que o deixarão sem fôlego.

Lofou

Bem-vindo a Lofou, uma vila encantadora construída com uma estrutura concêntrica perto de uma colina a cerca de 780 metros acima do nível do mar. Cercada por montanhas com declives acentuados, Lofou é um espetáculo que deixa você sem fôlego: a área é também dividida em partes pela passagem dos rios Kryos e Kouris.

A fundação da vila está envolta em mistério mas os primeiros registros escritos de sua existência remontam ao período Franco. Lofou havia sido doada a Janot de Luzonian, senhor de Beirute, por seu irmão Jacob em 1392, junto com outras aldeias vizinhas. Por esse motivo, a vila está cheia de atrações que atraem muitos turistas todos os anos ansiosos para descobrir algo novo sobre o Chipre. Faça uma viagem ao Museu do Óleo, à Antiga Escola e à fonte de Elitzi, datada de 1842. Esta última, em particular, representa um dos pontos mais importantes da vila dada a sua importância nos tempos antigos.

Lofou é pontilhada de pequenas igrejas, todas dignas de uma visita. Panagia Chrysolofitissa, a Capela do Profeta Elias, a Agia Marina e Agios Georgios devem fazer parte do seu itinerário.

Ao redor da vila existem também vários caminhos naturais para admirar a beleza do lugar. Um em particular atravessa toda Lofou e permite que você tenha uma visão completa do coração da cidade, bem como das vinhas circundantes.

Pera Pedi

 

Pera Pedi é uma bonita vila cipriota localizada na área ao sul das montanhas Troodos, a cerca de 30 quilômetros de Limassol. Atravessada pelo rio Kouris, Pera Pedi é um paraíso verde onde caminhar pelas ruas é um autêntico prazer. As chuvas frequentes que atingem esta área da ilha a tornam particularmente favorável ao cultivo de vinhas, árvores frutíferas (maçãs e peras em particular) e outras iguarias da terra.

A vila de Pera Pedi possui uma longa história, embora o número de seus habitantes tenha mudado muito ao longo dos séculos. De fato, seu nome é derivado da área montanhosa circundante e remonta ao período de ocupação bizantina. Entre os edifícios mais interessantes da região, mencionamos certamente a destilaria com adega construída pelos britânicos nas encostas de Pirkovouno com as rochas calcárias das áreas circundantes. Também vale a pena ver o enorme moinho de água que opera desde os anos 40.

Entre as igrejas dignas de sua visita, mencionamos certamente Agios Nikolaos onde, desde 1768, foram preservados dois belos ícones, respectivamente da Virgem Maria e de São João Evangelista.

De todas as aldeias de Chipre, Pera Pedi é certamente uma das mais bonitas. Rodeada por vegetação, este pequeno paraíso mantém  ainda boa parte dos edifícios históricos construídos durante sua ocupação. Venha aqui para viver uma experiência tradicional cipriota no verdadeiro sentido da palavra: você encontrará restaurantes fabulosos, um clima agradável e muitas oportunidades para descobrir algo sobre o estilo de vida na ilha, longe da multidão de turistas.

Mesa Potamos

As cachoeiras de Mesa Potamos são um espetáculo natural irresistível que não pode faltar no seu itinerário em Chipre, localizadas no leito do rio Arkolacanias, perto do mosteiro Timios Podromos. A cachoeira mais alta atinge sete metros de altura. A área pode ser alcançada através de uma estrada de terra com cerca de cinco quilômetros de comprimento, a partir da vila de Moniatis. A área rochosa circundante é tão bonita que vale a pena uma visita e um piquenique.

Se você decidir fazer uma parada também no mosteiro, saiba que uma pequena obra-prima envolta em uma floresta de pinheiros espera por você. É um edifício que remonta ao século XI, provavelmente expandido no século XIV. Durante o período de domínio otomano, o mosteiro sofreu um declínio. Em 1912, a área voltou a ficar operacional até que foi novamente abandonada em 1916. Naquela época, o mosteiro foi transformado em hotel, posteriormente abandonado em 1950. Em 2003, foi recuperado pelos monges que atualmente ainda moram aqui. O interior deste lugar é mágico: praças pavimentadas em pedra, fontes maravilhosas e vistas inspiradoras da paisagem que, ao longo dos séculos, enriqueceram a experiência de fé dos monges. Traga sua câmera! Embora o caminho seja um pouco longo é fácil e praticável para todos.

Antiga Kourion

O sítio arqueológico de Kourion é provavelmente uma das áreas históricas mais importantes de Chipre. Aqui, as escavações trouxeram à luz os tesouros de um passado antigo: o da cidade-reino de Kourion. Construída nas colinas próximas às terras férteis perto do rio Kouris, a cidade-reino tem sido associada por lendas a Argos do Peloponeso. Esta cidade maravilhosa, outrora próspera e muito rica, foi destruída por um forte terremoto que a atingiu em 365 d.C..

No centro do local está o magnífico teatro greco-romano construído no século 2 a.C. e ampliado depois para acomodar as necessidades teatrais da cidade. O teatro foi restaurado e atualmente ainda está sendo usado para acolher espetáculos de música ou atuação, especialmente nos meses de verão. Também vale a pena ver a casa de Eustolios, uma vila particular que mais tarde foi transformada em uma área de recreação pública no período Cristão. Caminhe pelos banheiros (frigidarium, tepidariumcaldarium) que oferecem uma visão geral importante das piscinas e de como elas eram usadas nos tempos antigos para proporcionar relaxamento e entretenimento. Deixe-se hipnotizar pelos maravilhosos mosaicos da Casa de Aquiles e da Casa dos Gladiadores. Entre as ruínas, você ainda pode admirar o que resta da ágora romana, construída sobre as ruínas de um edifício antigo que remonta ao período helenístico. Finalmente, faça uma viagem à basílica cristã que remonta ao século V d.C. com um batistério separado do prédio.

A Antiga Kourion pode ser visitada durante todo o ano, exceto em alguns feriados especiais. O ingresso custa cerca de R$ 24.37 (4.50 €), mas vale cada real.

Templo de Apolo Hylates

O santuário de Apolo Hylates é um monumento antigo dedicado ao deus Apolo, protetor da cidade de Kourion. O templo está localizado a cerca de dois quilômetros e meio de distância da zona rural de Kourion, em Episkopi. Nos tempos antigos, o santuário era o centro religioso mais importante de Chipre onde Apolo era adorado com o nome de Hylates, deus das florestas. A adoração ao deus pode ser datada, de acordo com estudos realizados no local, até o século VIII a.C.. As instalações mais recentes da época incluíam uma academia, uma tesouraria, os lavabos, um monumento e um jardim.

O templo, atualmente parcialmente restaurado, foi construído em duas fases: a primeira no período Clássico, a segunda no período Romano. Apesar de ser pequeno, ele o deixará sem fôlego com suas colunas extraordinárias. O templo foi destruído pelo terremoto de 365 d.C..

A área pode ser visitada durante todo o ano com um ingresso de R$ 13.63 (2.50 €), uma quantia muito insignificante para admirar um dos sítios arqueológicos mais importantes de Chipre. A partir daqui, você pode facilmente chegar à antiga Kourion, uma cidade-reino que não pode faltar no seu itinerário cultural.

Omodos

A cerca de 40 quilômetros da cidade de Limassol, na área vinícola mais ativa de Chipre, fica a característica vila de Omodos. Este pequeno paraíso é cercado por altas montanhas (incluindo Afames e Kremmos) e recebe centenas de turistas todos os anos fascinados pela atmosfera rural e um tanto histórica que reina neste lugar. As pessoas vêm aqui para degustar o vinho caseiro (Muscat em particular), admirar as obras-primas do artesanato local, como a prataria, os artigos de vidro e os bordados. A principal atração da vila é o Mosteiro da Cruz Verdadeira que, de fato, abriga um fragmento da antiga cruz original. Se você é apaixonado por história, faça uma viagem ao Mosteiro de Timios Stavros, localizado a poucos quilômetros da vila.

Estima-se que Omodos remonte ao período bizantino e que uniu as comunidades de Koupetra existentes no local. No entanto, as descobertas arqueológicas na área sugerem que Omodos é habitada desde os tempos pré-históricos.

Se você quiser admirar a beleza da arquitetura de Omodos em todo o seu esplendor, entre telhados de terracota, caminhos repletos de flores e maravilhas arquitetônicas do passado, faça uma viagem à galeria de Omodos. No Museu Privado você pode admirar as pequenas atividades diárias que ocorriam na ilha, entre casas tradicionais e vida comum.

Após um passeio pelos museus, sente-se em uma das muitas pousadas e deixe-se conquistar pelo grande coração dos moradores que o levarão pela boca e se tornarão inesquecíveis.

Pafos

Pafos é uma maravilhosa cidade costeira de Chipre que o conquistará com suas praias incríveis e um patrimônio histórico e cultural simplesmente inestimável. Há imensas coisas para fazer aqui, então você precisará ter cuidado para escolher cuidadosamente o seu itinerário de férias depois de sair de nossos navios.

Entre as praias mais bonitas, quase todas premiadas com a bandeira azul pela limpeza das águas, recomendamos Vrisoudia, a leste do porto. Uma faixa de costa arenosa que desce suavemente para o mar azul, com um cenário de palmeiras ao seu redor. Também vale a pena ver a Baía de Coral, onde você pode praticar esportes aquáticos, e a praia de Alykes repleta de lojas e rica de instalações organizadas para garantir seu conforto a qualquer hora do dia.

Se você prefere uma visita cultural deve ir ao Parque Arqueológico de Kato Pafos, considerado um dos mais importantes de Chipre e, é claro, um Patrimônio Mundial da UNESCO. Entre as principais atrações do local devemos mencionar os mosaicos: imensos, em excelentes condições e descobertos acidentalmente por um fazendeiro em 1962. Visite a Casa de Teseu, a Casa das Quatro Estações e deixe-se seduzir pela beleza do que deveriam ter sido casas patrícias de uma beleza avassaladora.

Também vale a pena ver o Forte de Pafos, construído e destruído por vontade própria, antes de ser definitivamente restaurado pelos otomanos, em 1592.

A cidade velha de Pafos, declarada capital da cultura europeia em 2017, está repleta de vida e murais incríveis. Se você passar por aqui, lembre-se de levar sua câmera com você para uma experiência cultural decididamente mais moderna, mas ao mesmo tempo inigualável.

Kyrenia

Kyrenia é uma belíssima cidade na ilha de Chipre que, com o tempo, se tornou também uma das principais atrações turísticas da ilha. Seu desenvolvimento, iniciado no final do século XX, está agora no auge. Vista de um castelo totalmente visitável, Kyrenia é o destino ideal para quem procura o mar e, ao mesmo tempo, não quer perder as belezas culturais cipriotas.

A leste e a oeste da cidade estão as praias, oásis costeiros dedicados aos turistas que simplesmente querem alugar um guarda-sol e aproveitar a ilha com o maior número de bandeiras azuis do Mediterrâneo. Algumas dessas áreas estão equipadas com estruturas balneares projetadas para receber toda a família, enquanto outras, mais isoladas, são perfeitas para quem sai do grande navio Costa e procura um momento de relaxamento e solidão.

Salamis Antigos

Bem-vindo ao sítio arqueológico de Salamis Antigos (Salamis), uma cidade antiga que já foi a joia do porto de Chipre. Salamis era considerada uma grande metrópole mesmo nos tempos antigos. Ela viu passar por suas ruas Assírios, Egípcios, Persas e Romanos. Segundo as lendas homéricas, Salamis foi fundada por Teucer e depois abandonada. Suas ruínas continuam sendo um testemunho das cidades grandiosas que existiam antigamente, como evidência de que os povos do passado eram capazes de lidar com tecnologias muito limitadas em comparação às nossas.

As escavações de Salamis começaram no século XIX e agora são admiráveis no sítio arqueológico de Salamis. Entre estes, há o antigo templo de Zeus Salaminios. Muitos achados encontrados na área podem ser vistos no Museu Britânico, em Londres.

A cidade pode ser visitada em qualquer época do ano e definitivamente merece cada minuto de sua estadia em Chipre, especialmente se você é um fã de história.

Famagusta

Mais conhecida como a cidade fantasma no coração de Chipre, Famagusta foi em tempos um dos resorts mais populares em todo o Mediterrâneo. Quilômetros de costa dourada que se inclinam suavemente em águas turquesas e quentes onde o banho é (ou era) um autêntico prazer. Sim, porque Famagusta era o destino na boca de todos nos anos 70, quando os VIPs vinham aqui para aproveitar suas férias. Um dia, em julho de 1974, houve um forte choque entre as forças militares gregas e turcas, a mais recente com o objetivo de proteger sua minoria cultural. Após um período de confrontos, Famagusta foi bombardeada antes do cessar-fogo.

Agora a cidade está dividida ao meio e dificilmente pode ser vista na sua totalidade. Famagusta é o símbolo da divisão da ilha e merece uma visita como um exemplo do Chipre moderno, atingido pelo confronto, mas ainda bonito e orgulhoso de seu grande passado.

Nicósia

Nicósia é a última capital do mundo a ser ainda dividida militarmente pela que é chamada de "linha verde". No entanto, se você decide visitá-la, realmente há muito para ver nos dois lados. Tomemos, por exemplo, a mesquita de Selimiye, um híbrido da arquitetura cristã e islâmica. Também vale a pena ver o Museu de Chipre, uma coleção de artefatos históricos encontrados na ilha.

Embora não seja particularmente marcada pelo turismo, Nicósia lhe dará uma ideia clara de como é viver nos centros urbanos de Chipre, saboreando totalmente a cultura do lugar.

Se você passar por Nicósia, pare no Museu Bizantino, construído perto da Catedral de São João. Aqui estão reunidos os restos da civilização encontrados em Chipre, incluindo maravilhosos mosaicos e pinturas.

Você não pode ir a Nicósia e não provar o café cipriota! Servido em panelas de cobre oblongas: é uma experiência cultural irresistível que todo turista deve fazer pelo menos uma vez.

Larnaca

Bem-vindo a Larnaca uma cidade localizada na costa sul de Chipre. Sendo a maior cidade da ilha depois de Nicósia e Limassol, vale a pena uma visita por seu mar incrível e pela riqueza histórica e cultural da atmosfera que você respira. Entre as principais atrações do local, devemos certamente mencionar a Igreja de São Lázaro e o Museu Eclesiástico de Larnaca, onde estão preservados importantes ícones religiosos encontrados em Chipre.

Finikoudes é um passeio maravilhoso na costa que deve ser feito pelo menos uma vez quando você estiver em Larnaca. Com seu clima tropical acentuado por palmeiras e pequenas lojas espalhadas pela costa, deixe-se arrastar pela atmosfera marítima da cidade!

O lago de sal de Larnaca é um local bonito onde você pode relaxar e apreciar a natureza intocada de Chipre. Venha observar pássaros e desligar-se da vida urbana para mergulhar na vegetação exuberante.

Limassol

Limassol é a cidade mais a sul de toda a Europa. Com o tempo, tornou-se um fabuloso resort dedicado aos turistas que chegam em Chipre em busca de relaxamento e luxo. A presença de praias limpas e maravilhosas, sítios arqueológicos próximos e as belíssimas montanhas Troodos, ao norte, tornam a paisagem circundante um sonho para se jogar de cabeça. Venha aqui se quiser relaxar e desfrutar da tranquilidade das instalações turísticas organizadas para melhor cuidar da experiência do turista.

Montanhas Troodos

Você não pode dizer que viu Chipre se não admirou, pelo menos de longe, a beleza sedutora das montanhas Troodos. No inverno, os picos ficam brancos de neve, enquanto nos longos dias de verão são pontilhados por caminhos dedicados a todos os tipos de caminhantes. Sua geologia é única: de fato, é um dos poucos lugares do mundo onde os cientistas podem observar a crosta oceânica sem ter que mergulhar.

Troodos é também uma das áreas mais ricas em cobre do mundo. Além das maravilhosas igrejas bizantinas que você encontrará ao longo dos percursos, Troodos espera por você com paisagens deslumbrantes que o deixarão sem palavras.

Kato Pafos

O sítio arqueológico de Kato Pafos é um dos mais importantes de Chipre e isso é demonstrado pelo fato de o local estar incluído no patrimônio da UNESCO desde 1980. Kato Pafos abriga as antigas ruínas da cidade, movidas por volta do século IV d.C. por Nicocles. O parque inclui uma série de monumentos que datam, principalmente, da época romana. Não perca os mosaicos das quatro vilas: Dionísio, Teseu, Aion e Orfeu.

O local pode ser visitado em qualquer época do ano, exceto em alguns feriados como o Natal, o primeiro dia do ano e a Páscoa.

Parta para Chipre com a Costa Cruzeiros

Parta amanhã para Chipre com a Costa Cruzeiros! Se você deseja relaxar nas praias com o maior número de bandeiras azuis da Europa ou se imergir na cultura de Antiga Kourion e sua gloriosa escavação arqueológica, Chipre espera por você para uma experiência de férias inesquecível. Estamos ansiosos para recebê-lo na ilha!

Viaje com a Costa Cruzeiros